CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Poder

Moraes alerta que forças democráticas não devem "baixar a guarda" após o ato de Bolsonaro

No ato bolsonarista de domingo, o ex-ocupante do Palácio do Planalto buscou se defender das acusações de tentativa de golpe de Estado, mas acabou fornecendo mais provas à PF

Alexandre de Moraes 05/10/23 (Foto: www.tse.jus.br)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes alertou as forças democráticas que não devem baixar sua guarda para não receberem um novo golpe, e pediu o fortalecimento da democracia. 

As declarações surgem na esteira do ato bolsonarista do último domingo (25), quando eles agitaram bandeiras do Brasil e de Israel no protesto convocado pelo ex-ocupante do Palácio do Planalto para se defender das acusações de tentativa de golpe de Estado que a cada dia se agravam. O evento lotou a Paulista, segundo relatos. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Moraes ainda comparou a "batalha" atual à luta recente entre o ex-BBB Kleber Bambam e o ex-lutador Popó. "Nós não podemos nos enganar. Nós não podemos baixar a guarda... Não podemos dar uma de [Kleber] Bambam contra Popó – que durou 36 segundos. Nós temos que ficar alertas e fortalecer a democracia. Fortalecer as instituições e regulamentar o que precisa ser regulamentado", disse Moraes durante a palestra de abertura do ano letivo na Faculdade de Direito do Largo São Francisco, da Universidade de São Paulo (USP), nesta segunda-feira (26), conforme citado pelo G1. 

Popó e Bambam enfrentaram-se no ringue durante o Fight Music Show 4, realizado na Vibra São Paulo. Conforme antecipado, o ex-campeão mundial de boxe por quatro vezes superou seu adversário, o ex-participante do Big Brother Brasil, ao derrubá-lo com dois 'knockdowns'.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO