"Para estar no 'berço do conhecimento' não é preciso nascer em berço de ouro”, diz Lula

Em celebração de 90 anos da USP, presidente defendeu a política de cotas implantada nas universidades

Lula celebra 90 anos da USP na Sala São Paulo
Lula celebra 90 anos da USP na Sala São Paulo (Foto: Ricardo Stuckert)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou nesta quinta-feira, 25 de janeiro, da solenidade que marcou o início das comemorações pelos 90 anos da Universidade de São Paulo (USP). Durante o evento, Lula destacou que a adesão ao sistema de cotas pela USP demonstra que o acesso ao conhecimento não está restrito a quem nasceu em berço de ouro.

Lula enfatizou que mais da metade dos aprovados no último vestibular da universidade são provenientes de escolas públicas, tornando a USP cada vez mais representativa da diversidade brasileira. “Uma cara que é preta, uma cara branca, uma cara parda, uma cara indígena. Não é mais a USP pensada para que São Paulo oferecesse ao Brasil a inteligência para governar esse país, mas é a cara do povo brasileiro da periferia, que, durante muitas décadas, nem sonhava em chegar na USP”, afirmou. Ele expressou sua gratidão à instituição, ressaltando a qualidade do ensino oferecido.

continua após o anúncio

O presidente destacou que a USP está cada vez mais com a cara do Brasil, representando diferentes etnias e origens socioeconômicas. Ele enfatizou que investir na educação é crucial para construir um país mais desenvolvido e justo, e que durante seus mandatos, o número de estudantes universitários no país cresceu significativamente.

Durante a cerimônia, que incluiu a apresentação da Orquestra Sinfônica da USP (Osusp) e a entrega da Medalha Armando de Salles Oliveira a personalidades de destaque, Lula reiterou a importância histórica da USP e seu papel como principal instituição de ensino e pesquisa do Brasil.

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247