CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Poder

Se for verdade, revelação de Marcos do Val terá "consequências muito sérias", diz Lewandowski

Ricardo Lewandowski classificou como "inadmissível em uma democracia" grampear um ministro do STF, como queria Bolsonaro

Imagem Thumbnail
Ricardo Lewandowski, Marcos do Val e Jair Bolsonaro (Foto: STF | Clauber Cleber Caetano/PR | Marcos Oliveira/Agência Senado)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski disse nesta sexta-feira (3), em declaração a jornalistas durante o Lide, evento que ocorre em Lisboa, Portugal, que as afirmações feitas pelo senador Marcos do Val (Podemos-ES) “são graves e devem ser apuradas para haver uma eventual responsabilização”.

Segundo Do Val, Bolsonaro e o ex-deputado Daniel Silveira (PTB-RJ) queriam que ele grampeasse ilegalmente o ministro do Supremo Alexandre de Moraes, com o objetivo de obter alguma declaração comprometedora que pudesse justificar a prisão do magistrado. Este seria o estopim para o golpe de estado.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

“Isso é realmente inadmissível em uma democracia [grampear ministros do STF]. O Alexandre [de Moraes] respondeu porque ele foi testemunha dos acontecimentos, eu não estive presente e, portanto, não posso responder por ele. Se o que foi relatado pelo senador [Do Val] é verdadeiro, me parece que isto é um fato muito grave e deve ser apurado. E terá, se for verídico, consequências muito sérias", afirmou Lewandowski.

O ministro também foi questionado sobre a possibilidade de prisão de Jair Bolsonaro, mas desconversou. “Não conheço nenhum detalhe de algum processo que esteja tramitando contra ele”, finalizou. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO