CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Poder

Temer: governo precisa trabalhar com unidade

O presidente da República em exercício, Michel Temer, disse nesta quinta (11) que o governo precisa trabalhar com “unidade” para não ter dificuldades; “É preciso acabar com essa história de que cada um é governo por conta própria. O governo é uma unidade, e enquanto não entendermos isso, vamos ter dificuldade de governo”, ressaltou; Temer salientou, no entanto, que há unidade no Governo Dilma Rousseff: “Temos unidade de governo, tranquilidade na nossa ação, graças a Deus, até agora vitoriosa em todos os momentos”

Imagem Thumbnail
O presidente da República em exercício, Michel Temer, disse nesta quinta (11) que o governo precisa trabalhar com “unidade” para não ter dificuldades; “É preciso acabar com essa história de que cada um é governo por conta própria. O governo é uma unidade, e enquanto não entendermos isso, vamos ter dificuldade de governo”, ressaltou; Temer salientou, no entanto, que há unidade no Governo Dilma Rousseff: “Temos unidade de governo, tranquilidade na nossa ação, graças a Deus, até agora vitoriosa em todos os momentos” (Foto: Valter Lima)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Marcelo Brandão - Repórter da Agência Brasil

O presidente da República em exercício, Michel Temer, disse hoje (11) que o governo precisa trabalhar com “unidade” para não ter dificuldades. “É preciso acabar com essa história de que cada um é governo por conta própria. O governo é uma unidade, e enquanto não entendermos isso, vamos ter dificuldade de governo”, ressaltou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Temer salientou, no entanto, que há unidade no Governo Dilma Rousseff: “Temos unidade de governo, tranquilidade na nossa ação, graças a Deus, até agora vitoriosa em todos os momentos”. Questionado por jornalistas sobre seu trabalho na articulação política, Temer disse que “conversa muito” com o chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante e também tem apoio dos ministros da Aviação Civil, Eliseu Padilha, e do Turismo, Henrique Alves, que o auxiliam na articulação política.

Além de vice-presidente da República, Temer é responsável pela articulação política do governo desde a saída de Pepe Vargas da Secretaria de Relações Institucionais, no início de abril. Questionado se há correntes tentando “esvaziar” seu poder no governo, Temer não polemizou. Disse apenas: “Eu tenho um poder modesto. Não há o que esvaziar”.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Temer deixa a presidência interina da República no final da tarde desta quinta-feira (11), quando a presidenta Dilma Rousseff desembarca no Brasil após participar da Cúpula entre a Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac) e a União Europeia (UE), na Bélgica. Dilma desembarca em Salvador, onde participará da abertura do 5º Congresso do PT.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO