CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Poder

Transparência Internacional repudia apoio de Sergio Moro e Deltan Dallagnol a Bolsonaro

Os dois lavajatistas usaram a luta contra a corrupção como pretexto para tentar justificar o apoio a Bolsonaro no 2º turno

Imagem Thumbnail
Sergio Moro e Deltan Dallagnol (Foto: Marcos Corrêa/PR | Pedro de Oliveira/ALEP)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - A Transparência Internacional – Brasil, um movimento global de luta contra a corrupção, lançou nesta quarta-feira (5), uma nota pública sobre o apoio do ex-juiz Sergio Moro e do ex-procurador Deltan Dallagnol evocando a luta contra a corrupção para expressar seu apoio à reeleição de Jair Bolsonaro.

"Cada qual é livre para expressar sua preferência entre as opções do 2º turno das eleições ou optar pelo voto nulo. Fomentar a intolerância a qualquer escolha é incompatível com a defesa da democracia. Mas associar a luta contra a corrupção ao apoio ao candidato Jair Bolsonaro é prestar imenso desserviço à causa e desvirtuar o que ela fundamentalmente representa", afirma a nota. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A Transparência Internacional destaca que vem documentando e denunciando inúmeros episódios de corrupção no governo Bolsonaro e as vastas evidências de crimes cometidos pelo próprio titular do Executivo e seus familiares. 

O documento é enfático ao dizer que o movimento denunciou ao mundo, em diversos relatórios, "o desmanche, sem precedentes, dos arcabouços legais e institucionais anticorrupção que o país levou décadas para construir". 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"São extensas as evidências de desvio de recursos públicos, enriquecimento ilícito e lavagem de dinheiro da própria família Bolsonaro, além de vínculos estreitos com a criminalidade organizada violenta", diz a nota.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO