"Voto em Lula era absolutamente necessário", diz Amoêdo

Ex-presidente do Partido Novo defendeu a aliança com Lula após revelações do golpismo bolsonarista

Amôedo, Lula e Bolsonaro
Amôedo, Lula e Bolsonaro (Foto: ABr)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – Em uma declaração nas redes sociais, João Amoêdo, ex-presidente do Partido Novo, manifestou sua convicção de que o voto no presidente Luiz Inácio Lula da Silva no segundo turno das eleições de 2022 era uma necessidade premente para o futuro do país.

Segundo Amoêdo, os fatos divulgados recentemente reforçam a importância desse posicionamento. Ele enfatizou que a reeleição de Jair Bolsonaro representaria um perigo iminente, com possibilidades concretas de um golpe em 2026.

continua após o anúncio

O ex-presidente do Partido Novo alertou para um cenário sombrio, onde as instituições estariam sob ameaça, incluindo um Supremo Tribunal Federal (STF) supostamente aparelhado e Forças Armadas submissas às vontades do governo.

Amoêdo pintou um quadro preocupante, descrevendo uma realidade distorcida pela desinformação e ameaças à liberdade política. Ele também advertiu para o risco de um regime de exceção liderado por Bolsonaro, caso sua reeleição se concretizasse. Confira:

continua após o anúncio

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247