CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasília

Autor de chacina em Mato Grosso tem cadastro em clube de tiro

Dois homens estão foragidos após sete assassinatos no município de Sinop (MT). Policiais pediram a prisão temporária deles

Imagem Thumbnail
Edgar Ricardo de Oliveira (óculos escuro), Ezequias Souza Ribeiro, a caminhonete e uma arma usada por eles (Foto: Divulgação / Reprodução)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - A Polícia Civil de Mato Grosso informou que Edgar Ricardo de Oliveira, de 30 anos, um dos suspeitos de matar nessa terça-feira (21) sete pessoas em um bar de Sinop, a 503 quilômetros (km) de Cuiabá (MT), tem cadastro em um clube de tiros em Sorriso, também na região norte do Estado e postava vídeos na rede social praticando disparos. Outro suspeito, identificado como Ezequias Souza Ribeiro, de 27 anos, participou do crime. Os dois estão foragidos. Policiais pediram a prisão temporária deles. 

Edgar e Ezequias mataram seis homens e uma adolescente de 12 anos, depois que perderam partidas de jogos de sinuca em um bar. A dupla teria perdido mais de R$ 4 mil, disse a polícia.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

>>> Dino: chacina em Sinop é "resultado trágico da irresponsável política armamentista"

Investigadores apreenderam nesta quarta-feira (22) a espingarda calibre 12 mm e a caminhonete usadasna chacina. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

De acordo com as investigações, a arma estava em uma obra no bairro Vila Verde, no município, endereço ligado a um dos suspeitos, segundo as investigações.

Cadastros de armas no governo Bolsonaro

O número de pessoas com registros de armas de fogo aumentou 474% durante o governo de Jair Bolsonaro (PL). De acordo com o Anuário de Segurança Pública informou, com base em informações do Exército, as estatísticas são referentes às atividades de caçador, atirador desportivo e colecionador (CAC), de 2019 até 1º de julho de 2022.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Na nova legislatura, deputados federais apresentaram na Câmara ao menos 15 propostas para facilitar o acesso a armas de fogo no País. A maioria de autoria de aliados de Bolsonaro.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO