Bolsonaro diz que 50% das mortes por Covid-19 em 2020 não foram pela doença

Em conversa com apoiadores, Jair Bolsonaro citou um relatório “em primeira mão para vocês” do TCU e disse que 50% das mortes por Covid-19 não foram causadas pela doença

(Foto: Mauricio Vieira/Secom | Reprodução/Twitter | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Na tentativa de amenizar as responsabilidades pelo mau gerenciamento do governo na pandemia, Jair Bolsonaro resolveu afirmar, nesta segunda-feira (7), que 50% das mortes causadas pela Covid-19 em 2020 não foram motivadas pela doença. Em conversa com apoiadores, ele citou um relatório “em primeira mão para vocês” do Tribunal de Contas da União (TCU).

“Óh… Em primeira mão para vocês. Não é meu. É do tal do Tribunal de Contas da União, questionando o número de óbitos no ano passado por Covid. E aí ali, o relatório final, não é conclusivo, mas em torno de 50% dos óbitos por Covid o ano passado não foram por Covid, segundo o Tribunal de Contas da União”, disse Bolsonaro.

“Esse relatório saiu há alguns dias. E logicamente que a imprensa não vai divulgar”, emendou, arrancando risos dos apoiadores. “Nós vamos divulgar hoje aqui. Eu tenho 3 jornalistas, não vou falar o nome deles, que eu converso, só 3 que eu converso, que são pessoas sérias, já passei pra eles e devo divulgar hoje a tarde”, acrescentou.

De acordo com a plataforma Worldometers, o País registrou, até esta segunda, 16,9 milhões de casos da Covid-19, o terceiro maior número, atrás de Índia (28,9 milhões) e Estados Unidos (34,2 milhões). O Brasil também contabilizou a segunda maior quantidade de mortes causadas pela doença (473 mil), atrás dos EUA (612 mil).

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email