CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Nordeste

Caso Beatriz: autor do crime é encontrado e detalhes da investigação serão apresentados nesta quarta-feira

Homem confessou assassinato de criança com 42 facadas em colégio de Petrolina

Imagem Thumbnail
Beatriz Angélica Mota (Foto: Reprodução)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - A Polícia Civil do Pernambuco identificou o homem responsável pelo crime contra Beatriz Angélica Mota, de 7 anos. Há seis anos, a menina foi assassinada com 42 facadas na escola particular em que estudava em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. 

O DNA encontrado na faca utilizada no crime, segundo o laudo pericial, é de Marcelo da Silva de 40 anos, que está preso por outros crimes. Nesta terça-feira (11), após ser ouvido por delegados, ele foi indiciado. Os detalhes da investigação serão apresentados na manhã desta quarta-feira (12). 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

No dia 10 de dezembro de 2015, a menina participava da formatura da irmã, no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora. Ela saiu do lado dos pais para beber água e desapareceu. Desde a data do assassinato, foram realizadas sete perícias. O inquérito acumulou 24 volumes, 442 depoimentos e 900 horas de imagens analisadas.

Em dezembro de 2021, os pais da criança percorreram a pé mais de 700 quilômetros, entre Petrolina e o Recife, para pedir justiça. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO