CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Carla Zambelli apaga postagem em que elogiava currículo de Decotelli, o novo ministro da Educação

Em sua postagem na rede social, a deputada Carla Zambelli (PSL-SP) exaltou os supostos títulos do novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, como um doutorado na Argentina e pós-doutorado na Alemanha

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

247 - A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) apagou do Twitter uma postagem do dia 25 em que elogiava o currículo do novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli. A parlamentar repostou uma publicação de Jair Bolsonaro em que divulgava supostos títulos do novo ministro, como um doutorado pela Universidade de Rosário (Argentina) e um pós-doutorado pela Universidade de Wuppertal (Alemanha).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"E aí, @tabataamaralsp – vai ter 'coragem' de criticar o novo ministro? Sabia que ele não precisou de cota para conseguir este currículo?", havia tuitado a parlamentar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nesta segunda-feira (29), a postagem da bolsonarista sobre o novo ministro já não estava mais disponível. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DAS RECOMENDAÇÕES
Reprodução

O reitor da Universidade de Rosário informou que Decotelli cursou o doutorado na instituição, mas reprovou no trabalho final e, por isso, não possui o título. A Universidade de Wuppertal informou que não reconhece o pós-doutorado citado pelo novo ministro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Decotelli também vem sendo acusado de plágio em sua tese de mestrado na Fundação Getúlio Vargas (FGV).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As fraudes no currículo levaram o Palácio do Planalto optar pelo adiamento da posse do ministro. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE