Em Minas, Lula lidera corrida presidencial com mais que o dobro de votos de Bolsonaro, mostra pesquisa Quaest

Em um dos cenários pesquisados, o ex-presidente chega a ter 49% dos votos no primeiro turno

www.brasil247.com - Lula
Lula (Foto: Ricardo Stuckert)


247 - O ex-presidente Lula (PT) tem a ampla preferência do eleitorado mineiro para retornar à Presidência da República na eleição de 2022, mostra pesquisa Quaest, patrocinada pelo Banco Genial e realizada presencialmente, divulgada nesta sexta-feira (18).

Lula, com 46%, tem mais que o dobro das intenções de voto de Jair Bolsonaro (PL), 21%.

Cenário I

  1. Lula (PT) - 46%
  2. Bolsonaro (PL) - 21%
  3. Sérgio Moro (Podemos) - 6%
  4. Ciro Gomes (PDT) - 5%
  5. André Janones (Avante) - 3% 
  6. João Doria (PSDB) - 2% 
  7. Simone Tabet (MDB) - 1%  
  8. Alessandro Vieira (sem partido) - 1% 

Os que não pretendem votar são 9% e os indecisos somam 5%.

Cenário II

  1. Lula (PT) - 49%
  2. Bolsonaro (PL) - 23% 
  3. Ciro Gomes (PDT) - 7% 
  4. João Doria (PSDB) - 3%
  5. Eduardo Leite (PSDB) - 2% 

 Os que não pretendem votar são 11% e os indecisos somam 4%.

No segundo turno, Lula também tem ampla vantagem contra Bolsonaro. O petista tem 56% dos votos contra 28% do atual chefe do governo.

O levantamento ouviu 1.480 pessoas presencialmente entre os dias 12 e 15 de março. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o código MG-00132/2022.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247