Polícia do Rio desobedece STF e realiza chacina com 25 mortos na favela do Jacarezinho no Rio

Ação da Polícia Civil no Jacarezinho, na Zona Norte do Rio, deixou 25 pessoas mortas até o início da tarde desta quinta-feira (6). Segundo a deputada estadual fluminense Renata Souza (PSOL), "podemos ter no Jacarezinho a maior chacina desde as chacinas de Vigário Geral e do Complexo do Alemão"

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução/TV Globo)


247 - Naquela que pode ser a maior chacina desde as chacinas  de Vigário Geral (1993, 21 mortos) e do Complexo do Alemão (2007, 19 mortos), a Polícia Civil matou 24 pessoas na favela do  Jacarezinho, na Zona Norte da cidade do Rio - um policial morreu. A operação desrespeitou decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que proibiu a realização de operações policiais nas favelas durante a pandemia.

De acordo com o site G1, outras duas pessoas teriam ficado feridas ao serem atingidas no interior de um vagão da linha 2 do metrô. Segundo a plataforma digital Fogo Cruzado, o número de mortos desta quinta-feira (6) é o maior já registrado durante uma operação policial desde julho de 2016, quando este tipo de levantamento foi iniciado. 

Moradores do Jacarezinho saíram às ruas para protestar contra a chacina e denunciar abusos policiais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Confira as postagens.  

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

 

 


 

 


 

 

 

 

 Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais: 

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email