Polícia prende o bolsonarista que levou réplica da Constituição durante ataques golpistas

O designer Marcelo Fernandes Lima, de 50 anos, entregou o material à PF. O bolsonarista foi levado para uma penitenciária e ficará à disposição do Supremo Tribunal Federal

Marcelo Fernandes Lima
Marcelo Fernandes Lima (Foto: Reprodução)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Policiais prenderam nesta quarta-feira (25) no município de Varginha (MG) o homem que levou a réplica da Constituição Federal de 1988 para os atos golpistas em 8 de janeiro, quando apoiadores de Jair Bolsonaro (PL) invadiram o Palácio do Planalto, o Congresso e o Supremo Tribunal Federal (STF). O designer bolsonarista Marcelo Fernandes Lima, de 50 anos, entregou a réplica à Polícia Federal (PF) em 12 de janeiro, quatro dias após os ataques na Praça dos Três Poderes, na capital federal. Ele foi liberado no dia após prestar depoimento.

A PF disse que o bolsonarista se apresentou com um advogado no começo da tarde desta quarta. Ele tinha um mandado de prisão preventiva em aberto após determinação do STF. Segundo a corporação, o pedido de prisão foi emitido após a entrega da réplica da Constituição. Agentes buscaram por ele em sua residência, mas o homem não foi encontrado.

continua após o anúncio

O bolsonarista foi levado para uma penitenciária da região e ficará à disposição do STF.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247