CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Sudeste

Policiais do Rio executam sete pessoas durante operação em comunidades

Ações se concentram em todas as comunidades dos complexos do Alemão e da Penha, na zona norte do Rio, além de localidades no entorno e também na Cidade de Deus, na zona oeste

(Foto: Pilar Olivares/Reuters)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Sputnik - Uma operação conjunta das polícias Militar e Civil do Rio de Janeiro em comunidades dominadas pelo Comando Vermelho (CV) nesta terça-feira (27) terminou com a morte de pelo menos sete pessoas e outras cinco foram presas, apontou balanço divulgado pelo governo estadual.

Durante confrontos com a facção criminosa, dois policiais ainda ficaram feridos. As ações se concentram em todas as favelas dos complexos do Alemão e da Penha, na zona norte do Rio, além de comunidades no entorno e também na Cidade de Deus, na zona oeste.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O objetivo da operação, que começou ainda na madrugada com fortes tiroteios, foi coibir as recentes disputas por territórios comandadas por chefes da organização criminosa. Barricadas chegaram a ser montadas no Complexo da Penha para evitar a aproximação dos policiais.

Durante a fuga de um grupo de criminosos, quatro suspeitos morreram após entrarem em confronto com militares em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Eles estavam no Complexo da Penha e foram surpreendidos pela PM já no município. Ainda foram apreendidos fuzis e carregadores.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Já as outras três mortes ocorreram durante um confronto em Flexal, também na zona norte. No Alemão, outros três suspeitos chegaram a ser atingidos, mas foram socorridos para unidades de saúde.

A operação trouxe ainda muitas dificuldades para moradores das comunidades, que não puderam sair de casa. Além do comércio fechado, mais de 20 mil alunos das redes municipal e estadual do Rio de Janeiro tiveram as atividades suspensas por conta dos tiroteios.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO