SP: coronel escolhido para ser vice de Nunes cobra de Tarcísio defesa pública de Bolsonaro

O ex-policial militar fez um vídeo e marcou o perfil oficial de Tarcísio, que se mantém em silêncio, enquanto critica o silêncio de políticos bolsonaristas no caso

Governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas
Governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil/EBC)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - A operação da Polícia Federal que investiga os atos antidemocráticos de 8 de janeiro, que teve como alvo assessores, militares e Jair Bolsonaro, já provocou racha entre os aliados bolsonaristas.

O coronel Ricardo de Mello Araújo, político indicado por Jair Bolsonaro (PL) para o posto de vice candidato na chapa de Ricardo Nunes (MDB) para a disputa da prefeitura de São Paulo, cobrou publicamente o governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) para que ele defenda Bolsonaro e critique a operação da PF.

continua após o anúncio

O ex-policial militar fez um vídeo e marcou o perfil oficial de Tarcísio enquanto critica o silêncio de políticos bolsonaristas no caso.

“Gostaria de ouvir os nossos representantes de direita. Temos eleições municipais chegando, e os grandes líderes da direita não se manifestaram. Cadê os deputados, senadores, governadores?”, questiona Araújo na mensagem.

continua após o anúncio

Ele passa, então, a se dirigir diretamente ao governador: “Os governadores têm uma responsabilidade muito grande, muitos foram eleitos nas costas do presidente Bolsonaro”.

“Esses governadores precisam se manifestar, para a gente até entender se está certo, se está errado. Porque o povo está meio perdido e precisa estar ouvindo a voz de quem a gente votou. Cadê o povo da direita se manifestando?”, cobra ele novamente após descrever as circunstâncias da prisão de Valdemar Costa Neto.

continua após o anúncio

Apesar da pressão, Tarcísio, por enquanto, manteve o silêncio sobre o caso que atinge diretamente seu principal aliado.

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247