CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Saúde

Brasil é o primeiro país do mundo a oferecer vacina contra dengue no sistema público de saúde

Se espalha nas redes sociais uma versão de que o governo federal teria demorado a adquirir os imunizantes. "É fake", diz o ministro Paulo Pimenta

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O ministro da Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República, Paulo Pimenta (PT), usou o X, antigo Twitter, nesta segunda-feira (5) para desmentir a versão que se espalha nas redes sociais de que o governo Lula (PT) teria demorado para comprar vacinas contra a dengue. O Brasil é o primeiro país do mundo a oferecer vacina contra a dengue no sistema público de saúde.

"Alerta: é fake que o Brasil demorou para comprar a vacina da dengue. Somos inclusive o primeiro país do mundo a oferecer o imunizante no sistema público. O Ministério da Saúde adquiriu todas as doses disponibilizadas pelo fabricante, mas, apesar disso, a quantidade de vacinas ainda é insuficiente para que toda população fique protegida. Até termos imunizantes para todos, precisamos juntos prevenir os focos do mosquito e nos cuidar para um atendimento de emergência em caso de sintomas", publicou. >>> Ministério define esta semana calendário de vacinação contra dengue

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O governo federal também divulgou texto informativo sobre a disponibilização da vacina: "o Brasil é o primeiro país do mundo a oferecer vacina contra a dengue no sistema público de saúde. Essa vacina foi aprovada para uso no país pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em março de 2023. Assim, considerando as etapas e os fluxos que envolvem a incorporação de um imunobiológico no SUS, o Ministério da Saúde, no mesmo ano (dezembro de 2023), incorporou a vacina ao sistema de saúde. A inclusão da vacina foi analisada pela Comissão Nacional de Incorporações de Tecnologias no SUS (Conitec) de forma prioritária e em regime de urgência. A partir da aprovação pela Conitec para incorporação da nova tecnologia, o Ministério da Saúde adquiriu todas as vacinas contra a dengue que foram disponibilizadas pelo fabricante, visando iniciar a vacinação o quanto antes. Contudo, a quantidade de doses está limitada à capacidade operacional e logística do fabricante. Diante da capacidade limitada de fabricação das doses da vacina pela farmacêutica, cerca de 3,2 milhões de pessoas devem ser vacinadas ao longo de 2024. A primeira remessa, com cerca de 757 mil doses, chegou ao Brasil no dia 20 de janeiro. Mais 568 mil doses estão previstas para chegar ainda no mês de fevereiro. Além disso, o Ministério da Saúde adquiriu mais 5,2 milhões de doses. Para 2025, a pasta já contratou nove milhões de vacinas. Portanto, é falsa a informação espalhada por aí sobre a suposta 'demora intencional' do governo federal em adquirir a vacina contra a dengue".

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO