Brasil inicia vacinação infantil contra a dengue

Ministra acompanhou o lançamento da campanha em Brasília, enfatizando a importância da prevenção e do esforço coletivo no combate à doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti

(Foto: Walterson Rosa-MS)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O Brasil dá um passo histórico na luta contra a dengue com o início da vacinação de crianças de 10 a 11 anos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Sob a supervisão da Ministra da Saúde, Nísia Trindade, a campanha de imunização foi lançada nesta sexta-feira (9) na Unidade Básica de Saúde 1 do Cruzeiro, no Distrito Federal (DF), marcando uma virada significativa na abordagem nacional de prevenção à doença.

Desde a última quinta-feira (8), os imunizantes têm sido distribuídos aos municípios que se enquadram nos critérios estabelecidos em colaboração com os conselhos de Secretários de Saúde (Conass) e de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). Esta iniciativa se junta aos esforços contínuos de combate ao mosquito transmissor, ressaltando a importância da prevenção como pilar central no controle da dengue.

continua após o anúncio

A ministra Nísia Trindade enfatizou o marco representado pela vacinação infantil: "É um momento histórico. Há 40 anos esperamos por uma vacina contra a dengue. Agora, temos uma vacina incorporada ao SUS". Ela destacou que a campanha de vacinação estava planejada mesmo antes de alguns surtos da doença, evidenciando a longa batalha contra a dengue como uma questão de saúde pública de longa data.

A população tem respondido ao chamado para a vacinação, consciente da importância da prevenção. É o caso de Érika Lara, moradora do Distrito Federal, que trouxe sua filha Isabel, de 10 anos, para ser vacinada no primeiro dia da campanha. "Devido ao surto que estamos enfrentando, acho necessário nos conscientizarmos e preservarmos nossos filhos", destacou.

continua após o anúncio

O esforço coletivo no combate à dengue também foi enfatizado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que convocou todos os brasileiros a se engajarem na luta contra a doença. "Não é só um prefeito, não é só um governador, não é só um presidente da República. Nós, em casa, somos os primeiros a ter responsabilidade", destacou.

A participação da sociedade é fundamental, especialmente considerando que cerca de 75% dos focos dos mosquitos transmissores estão dentro das residências. A ministra Nísia Trindade conclamou a população a adotar medidas simples, como tampar caixas d’água, descartar lixo corretamente e eliminar recipientes que acumulem água parada, contando com o apoio dos agentes de combate às endemias.

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247