Tá nos trends

Casa Branca se pronuncia sobre 'nudes' falsos de Taylor Swift gerados por IA: "alarmante"

Imagens de nudez atribuídas à cantora viralizaram nas redes

Taylor Swift
Taylor Swift (Foto: Reuters/Mario Anzuoni)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Nos últimos dias, as redes sociais foram tomadas por imagens falsas da cantora Taylor Swift, geradas por inteligência artificial. A situação levou a Casa Branca a se pronunciar oficialmente nesta sexta-feira (26), classificando a situação como "alarmante".

Na última quinta-feira (25), começaram a circular nas redes sociais imagens de nudez atribuídas à Taylor Swift, que foram prontamente identificadas como sendo falsas e geradas por meio de inteligência artificial. A repercussão imediata dessas imagens provocou a revolta dos fãs da cantora, que lançaram a hashtag "protect Taylor" (protejam a Taylor, em português), tornando-a um dos assuntos mais comentados no X, antigo Twitter, informa a CNN Brasil.

continua após o anúncio

Durante uma coletiva de imprensa, Karine Jean-Pierre, secretária de imprensa da Casa Branca, expressou a preocupação do governo em relação a esse tipo de desinformação e destacou o papel crucial das empresas de mídia social no combate à disseminação dessas imagens.

"Isso é muito alarmante", afirmou Jean-Pierre. "Portanto, faremos o que estiver ao nosso alcance para lidar com essa questão." Ela também ressaltou a importância de as empresas de mídia social aplicarem suas próprias regras e medidas para evitar a propagação de desinformação desse tipo.

continua após o anúncio

A secretária de imprensa sugeriu que o Congresso deveria tomar medidas para abordar de maneira mais abrangente a disseminação de conteúdo falso gerado por inteligência artificial.

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247