Tá nos trends

Porte de arma: Lula e Bolsonaro viram pauta no BBB durante discussão (vídeo)

Um dos integrantes do elenco defendeu o armamento da população

(Foto: Reprodução)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Brasil de Fato- As críticas de um dos participantes do programa Big Brother Brasil ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva e às políticas de prevenção ao porte de armas levantaram debate e polêmica na casa do reality show nesta quarta-feira (17).  

Ao comentar sobre um assalto que teria sofrido, Nizam, um dos integrantes do elenco, defendeu o armamento da população e disse que os criminosos não seriam presos porque Lula é o presidente. Momento depois, em uma conversa reservada, a postura foi duramente condenada por Luigi e MC Bin Laden. 

continua após o anúncio

“O Nizam ali chapou [falou algo fora da realidade]. Já foi comprovado, muita gente com depressão, ansiedade, psicologicamente [o Brasil] não é nem um país preparado para o porte de arma”, afirmou o MC. Na Sequência, ele ressaltou, “Ele estava defendendo o Bozo, tá ligado, né?”, se referindo a Jair Bolsonaro (PL).

Luigi pediu para que o colega não citasse o ex-presidente, lembrando que a política é um assunto que costuma ser evitado dentro da casa do BBB. Ainda assim, ele endossou a percepção negativa sobre as afirmações de Nizam. “Aquele papo foi o suficiente para mim. Eu e você que viemos da favela? Nós vemos o bagulho rolando. Logo para nós?” 

continua após o anúncio

MC Bin Laden concordou e disse que as afirmações de Nizan foram a gota d’água. “Eu vou defender arma? Prefiro defender livro e educação.” 


continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247