Bar Salve Jorge

O nome do bar surgiu da ideia dos proprietários de homenagear São Jorge, o santo guerreiro, padroeiro do boteco e todos os Jorges, famosos ou anônimos

(Foto: Ediel Ribeiro)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

São Paulo - Na minha ‘Busca pelo Boteco Bacana’ (BBB) - cópia descarada do BIP do Jaguar - fomos, eu e a Sheila, conhecer o Bar Salve Jorge, na Praça Antônio Prado, 33, no centro histórico de São Paulo.

Inaugurado no final de 2006, o bar, cravado no antigo Largo do Rosário - um logradouro histórico, que abrigou no passado a Igreja do Rosário dos Homens Pretos e que ainda hoje mantém em frente ao bar um monumento em homenagem a Zumbi dos Palmares, herói negro, um ícone na luta pela liberdade, igualdade e justiça - é um dos mais frequentados do centro.

continua após o anúncio

O nome do bar surgiu da ideia dos proprietários de homenagear São Jorge, o santo guerreiro, padroeiro do boteco e todos os Jorges, famosos ou  anônimos. 

Passeando pelos vários ambientes da casa você esbarra com fotos e caricaturas de Jorges famosos como Jorge Amado, Jorge Ben Jor, Jorge Aragão, Jorge Vercilo, Jorge Lafond, Seu Jorge, entre outros. 

continua após o anúncio

Nos degraus, que levam ao piso superior, estrelas douradas enfeitam placas com os nomes de Jorge Aragão, George Michael, George Bush, George Lucas e outros. 

O bar é ponto de encontro de artistas, jornalistas, intelectuais e funcionários dos bancos e do comércio que gira no  entorno do centro da cidade. 

continua após o anúncio

A casa tem uma decoração rica em detalhes que conta um pouco da trajetória histórica e artística de São Paulo. Os lustres, as mesas de madeiras na cor pretas, o piso parecido com tabuleiro de xadrez, os móveis antigos, as cristaleiras, armários, geladeiras, congeladores, as garrafas penduradas no teto e a escada imitando a calçada da fama de Nova Iorque, tudo remete a arte e a cultura da cidade.

Nas paredes, história e arte também se misturam, em detalhes enriquecedores, compondo uma atmosfera agradável  que rememora a história artística e cultural da cidade. São  quadros, fotos, cartuns, charges, poesias, frases, livros, discos e instrumentos musicais que nos levam a um passeio pela São Paulo de antigamente.

continua após o anúncio

Nas toalhas de papel das mesas e nas paredes, as caricaturas do ilustrador, cartunista e caricaturista paulistano Leandro Spett, dão ao ambiente uma pincelada de humor.

O artista, que criou as caricaturas dos 'Jorges', desenvolve seu trabalho de estúdio, em várias técnicas como óleo, aquarela, grafite, nanquim, acrílica e digital. Spett colabora com vários meios de comunicação impressa pelo Brasil. iniciou a carreira desenhando em eventos, tendo participado de vários salões de humor pelo mundo. O cartunista também realiza grafites, tanto urbanos como no interior de imóveis. 

continua após o anúncio

Em meio a esse cenário, o aconchegante Bar Salve Jorge se destaca, com sua culinária, sua gastronomia, seus temperos e suas deliciosas opções de comidas e petiscos acompanhado de drinks exclusivos e uma cerveja gelada  que transformam a maior capital do país na “Paulicéia Desvairada”, dos poemas de Mário de Andrade. 

Salve, Jorge!

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247