CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Camilo Irineu Quartarollo avatar

Camilo Irineu Quartarollo

Autor de nove livros, químico, professor de química, com formação parcial em teologia e filosofia.

48 artigos

blog

Bem-vindo, forasteiro

Por vezes, parece que Piracicaba vive de um passado que julga glorioso

(Foto: Prefeitura de Piracicaba)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Piracicaba já foi considerada fim de linha, última parada de trem da Província, onde os barões viviam de seus Engenhos. A cidade deu à nação o primeiro presidente civil da República, Prudente de Moraes. Aqui atuou, mas era de Itu. Por vezes, parece que Piracicaba vive de um passado que julga glorioso, mas essa Piracicaba não se previne para os problemas ambientais e economia estratégica.

O Paiaguás nomeia o nosso topônimo e, em 1877, o então vereador Prudente de Moraes peticionou na Câmara para a denominação popular “Piracicaba” – “lugar onde o Peixe Para”! Aqui na terrinha ainda se temem comunistas. Parece crime! Qual é?! Dr. João Chiarini era comunista, folclorista, intelectual, professor, vereador e foi fundador da Academia Piracicabana de Letras, em onze de março de 1972.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Temos pessoas de esquerda na política local, as quais não se curvaram à ditadura dos militares. Nesse rol, Machado foi o primeiro presidente do Diretório municipal do PT na cidade. Já prefeito, lutou pelo saneamento básico. Antes dele, diziam os piracicabanos: nós bebemos mais cloro que água. Fundou e presidiu o Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí. Foi presidente da Agência Nacional de Águas.

Em sua gestão, o SEMAE ganhou melhorias nos salários dos servidores, cursos, treinamentos, produtos químicos (além do cloro) para a purificação da água bruta nas estações de tratamento – não precisou de nenhuma empresa correlata para executar a função-fim da Autarquia. Participou da Agenda 2010 e da Pira 21, de caráter suprapartidário e integrado, com olhares nos problemas climáticos que viriam e ora sofremos nas ondas de calor.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Incrementou em 2003 o projeto Plantando Sonhos, aulas de teatro nas escolas municipais. Decretou o tombamento do Engenho como espaço de Cultura, passeios domingueiros junto à orla, cursos, encontros teatrais e de enamoramento com a vida.

O tombamento da Boyes em 2004, como Área de Preservação Permanente, foi decreto de Machado, contudo os prefeitos seguintes abandonaram a Boyes às moscas. Cidades como Nova York já estão afundando, literalmente, sem êxito dos gestores e por descaso às previsões climáticas. O afundamento, destaca a matéria da BBC News e de outros jornais de credibilidade, é pelo peso dos prédios e concentração populacional. É o “déjà vu” da Boyes.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Machado fez parte “das prefeituras do PT”, de eleitos pouco conhecidos, mas bem capazes de implementar políticas sociais, do modo petista de governar. Como prefeito reafirmou os arcabouços que sustentam a Tradição viva do lugar, porém não o tradicionalismo de ostentação, glorioso e passageiro. Foi chamado de forasteiro por ter nascido em Tanabi-SP, mas a boa política ajusta os ponteiros. Machado é exemplo na administração da cidade, com “timing”, percepção oportuna do momento político da História, um construtor da Democracia.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO