CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Frei Gilvander Luís Moreira avatar

Frei Gilvander Luís Moreira

Padre da Ordem dos carmelitas, doutor em Educação pela UFMG, licenciado e bacharel em Filosofia pela UFPR, bacharel em Teologia pelo ITESP/SP, mestre em Exegese Bíblica pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma, Itália; assessor da CPT, CEBI, SAB e Ocupações Urbanas; prof. de “Movimentos Sociais Populares e Direitos Humanos” no IDH, em Belo Horizonte, MG

43 artigos

blog

Em Cuba o Socialismo democrático segue brilhando

O império estadunidense está caindo e Cuba continuará sendo uma estrela cintilante apontando o caminho que a humanidade deve trilhar

Bandeira de Cuba (Foto: Reprodução)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Em Havana, capital de Cuba, na Fortaleza de San Carlos de La Cabaña, de 15 a 25 de fevereiro de 2024, aconteceu a 32ª Feira Internacional do Livro de Havana, a maior Feira de Livro do mundo, que é realizada há 32 anos, anualmente. A Fortaleza de San Carlos de La Cabaña foi construída no século XVIII como uma das fortalezas que defendiam a cidade de Havana contra ataques inimigos e saques piratas. La Cabaña foi declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO, juntamente com a cidade velha de Havana, em 1982, ano em que foi realizada a primeira Feira Internacional do Livro de Havana.

O Brasil foi o país convidado de honra desta 32ª Feira. Com organização da Embaixada do Brasil em Cuba e do Ministério da Cultura, sob a liderança da ministra Margareth Menezes, na delegação brasileira estavam mais de 65 escritores, artistas e intelectuais, entre os quais Conceição Evaristo, Frei Betto, Emicida, Aylton Krenak. Tive a alegria de ir com algumas pessoas de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo que realizaram o sonho de conhecer e conviver um pouco com muitas pessoas cubanas, em Cuba. Eu tinha estado em Cuba em dezembro de 2006, ocasião em que pude conviver com muitas pessoas cubanas em Havana e escrever o artigo CUBA: os desafios de um grande povo “ilhado”. Digo ilhado entre aspas, porque o bloqueio que o império estadunidense continua impondo a Cuba há mais de 60 anos é brutal, pois tudo que o Povo Cubano precisa importar demora chegar a Cuba e custa de quatro a seis vezes mais caro. Se não fosse o bloqueio, Cuba seria hoje um dos países mais desenvolvidos economicamente do mundo, pois tem um povo guerreiro e muito preparado sob todos os aspectos.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Após os dez dias da Feira do Livro em Havana, a Feira do Livro acontece ao longo do ano nas 15 Províncias (estados) de Cuba, nas escolas, universidades, hospitais, penitenciárias. Em 2024, a 32ª Feira teve a participação de 45 países e apresentação de mais de mil novos títulos de livros. Cerca de três milhões de livros foram doados ou vendidos em preços variados e muitos podem ser baixados gratuitamente em pdf. Com o tema Ler é construir identidade, a Feira Internacional do Livro de Havana promove a leitura como uma das principais atividades para a formação da consciência individual e coletiva e do pensamento crítico autêntico.

Foi encantador e inesquecível ver a multidão de jovens que participou ativamente da 32ª Feira Internacional do Livro de Havana. Ver e ouvir escritores, tais como Conceição Evaristo, Emicida, nos leva a dialogar com o mais profundo do nosso ser e nos inspira a sermos melhores como humanos, pois diante da brutal Emergência Climática com eventos extremos cada vez mais frequentes e letais, embora haja tempo para muita coisa, só não há tempo a perder para superarmos a barbárie que é o capitalismo e construirmos uma sociedade socialista, democrática, com sustentabilidade ambiental e respeito à imensa pluralidade cultural.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Pela literatura e por todas as artes, encontramos e convivemos com nossos ancestrais e com pessoas de outros tempos, tal como José Martí, nascido em Havana e considerado o Apóstolo da Pátria em Cuba, esteve nas celas de La Cabaña em sua juventude como prisioneiro político por sua atividade revolucionária. Martí foi um dos maiores poetas e escritores da cultura hispânica, precursor da Revolução Cubana. Seu compromisso político permeou toda a sua obra. Em 1891, José Martí escreveu que "as trincheiras de ideias valem mais do que as trincheiras de pedra" e “o conhecimento liberta”. A ignorância e a cegueira impostas pela ideologia dominante escravizam e matam, muitas vezes usando e abusando do nome de Deus e de textos sagrados. Por exemplo, o absurdo que é crentes e (neo)pentecostais apoiarem o Estado de Israel genocida, por estar dizimando o Povo Palestino há mais de 76 anos com requintes de crueldade, porque imaginam que judeu é cristão e crê em Jesus Cristo. Ledo engano! Salvo raras exceções, os judeus não acreditam em Jesus Cristo como Filho de Deus. A Bíblia dos judeus não tem o Novo Testamento Cristão, pois não acreditam que Jesus Cristo seja o Messias, enviado de Deus. Os judeus não têm um “Novo Testamento”, têm a Mishná, que são comentários de rabinos que ajudam na interpretação dos textos do Antigo Testamento.

Além de participar da 32ª Feira do Livro em Havana, tivemos tempo para conviver com pessoas cubanas encantadoras. Viajamos umas 17 horas de ônibus em Cuba, de Havana para Cienfuegos, Trinidad, Varadero..., ida e volta. Que maravilha ver com nossos próprios olhos que em Cuba não existe, ou quase não existe, engarrafamento de trânsito, não há rios poluídos, não há agrotóxicos na alimentação – a comida é produzida com adubação orgânica na linha da agroecologia e tem sabor de comida de verdade -, não há violência social, não há drogas, as praças são do povo e continuam sendo lugares de encontros e de boas conversas, sem medo de assaltos. Os jovens estão sempre carregando, com os seus livros, instrumentos musicais e/ou uniformes de esportes, demonstrando que têm acesso amplo à educação e, se quiserem, à música e ao esporte. Saúde, educação, cultura e esporte são prioridades nas políticas públicas.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Em todas as quadras de todos os bairros de Cuba existem funcionando os Comitês de Defesa da Revolução (CDRs) que vigiam para que os imperialistas não minem o processo revolucionário socialista em curso, organizam mutirões de limpeza das áreas públicas e ações de apoio e solidariedade com as pessoas que precisam. Em Cuba existe de fato um Sistema Único de Saúde, o público. Lá não tem planos de saúde, pois não existem hospitais privados. Não há universidades privadas. A saúde e a educação do povo não são mercadorias, mas bens comuns que precisam ser cuidados com absoluta prioridade. O povo é culto, tem consciência histórica e de cabeça erguida afirma “Fidel somos todos nós, os 11 milhões de cubanos”. O comandante Fidel vive e viverá sempre no Povo Cubano inspirando e guiando na defesa da revolução socialista.

Em Cuba não tem a poluição visual do exagero de propaganda que há aqui no Brasil e nos outros países capitalistas. O patrimônio histórico e arquitetônico é muito rico e diversificado, pois há nas cidades cubanas muitos hospitais, cinemas, teatros, museus e obras de restauração de belíssimas ruínas e edificações únicas, prédios atribuídos aos estilos barrocos, neoclássicos, ecléticos, art déco e art Nouveau. Cuba possui importantes núcleos arquitetônicos e históricos considerados “Patrimônio da Humanidade” pela UNESCO. Em Cuba, o povo admira e respeita a bandeira cubana, os mártires da revolução cubana, Fidel, Che Guevara, Camilo Cienfuegos e a todos os homens e mulheres que doaram as suas vidas pela causa revolucionária. Todos os/as lutadores/as da história são reverenciados/as.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Pessoas contaminadas pela ideologia capitalista trombeteada aos quatro ventos pela mídia empresarial, propriedade de algumas famílias riquíssimas, caluniam e difamam o socialismo democrático vivenciado em Cuba, porque sabem que se o povo latino-americano e africano descobrirem as belezas, as verdades, a justiça e a ética do socialismo democrático praticado em Cuba, o capitalismo, máquina brutal de moer vidas, desabará como um gigante com pés de barro. Emicida iniciou sua fala em Havana, na 32ª Feira do Livro dizendo: “Muitos nos perguntam “por que ir a Cuba?”, mas a melhor pergunta é “por que não ir a Cuba?””

Voltei de Cuba com a certeza de que o império estadunidense está caindo e Cuba continuará sendo uma estrela cintilante apontando o caminho que a humanidade deve trilhar para impedirmos a “queda do céu”, na linguagem do xamã Yanomami Davi Kapenawa, e um Apocalipse, não querido pelo Deus da vida, mas que está sendo causado pela idolatria do mercado que é tocado a todo vapor pelas grandes mineradoras, pelos agronegociantes e capitalistas do capital especulativo que não enxergam nem um dedo diante dos olhos, além do luxo e do poder que os deixam obcecados.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Enfim, o heroico povo cubano faz-nos acreditar que os ideais libertários, a utopia de emancipação da humanidade da opressão capitalista de exploração humana e da natureza, é possível de se realizar e necessária. Mesmo brutalmente bloqueada e perseguida pelo imperialismo estadunidense, Cuba nos inspira e alimenta esta certeza. “Até a vitória, sempre!”, como bradava Fidel e Che Guevara. E o povo revolucionário respondia em um só brado: “Venceremos!”

27/02/2024

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Obs.: As videorreportagens nos links, abaixo, versam sobre o assunto tratado, acima. Em breve publicaremos no youtube, no canal “Frei Gilvander luta pela terra e por direitos”, muitos outros vídeos filmados em Cuba em fev./2024.

1 - Visita a Cuba: Havana e Capitólio por dentro. Fev./2024. Video 1 (Visita a Cuba: La Habana y el Capitolio desde dentro)

https://www.youtube.com/watch?v=Y8sRFa2e3t0

2 - Cuba: visita guiada ao belíssimo e suntuoso Capitólio, em Havana. Fev./2024. Video 2 (Cuba: visita guiada al hermoso y suntuoso Capitolio, en La Habana)

https://www.youtube.com/watch?v=sITfVKkl84Q

3 - Cuba: bloqueio, resistência e direitos sociais. Osvaldo Manuel Bosch entrevistado por frei Gilvander Luís Moreira, em Belo Horizonte, MG, Brasil. 20/09/2016.

https://www.youtube.com/watch?v=uTsw09V9Ios

4 - Tributo a Tilden Santiago: sua trajetória religiosa e na política - PT, embaixador do Brasil em Cuba

https://www.youtube.com/watch?v=nFWGPB2zPLM

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO