galvao, sem til

Os estrategistas que cuidam de sua campanha estão em frenético desespero; há disparos de fake News em massa

www.brasil247.com -
(Foto: Tia do zap)


O Necrarca já sente a água bater na bunda.

Os estrategistas que cuidam de sua campanha estão em frenético desespero; há disparos de fake News em massa.

Os midiotas chegaram ao disparate de manipular, toscamente, as falas de Bonner e Renata, simulando uma pesquisa em favor do Besta-Fera.

Isso, depois de tentarem descredibilizar as pesquisas que, segundo eles, são todas compradas; como se houvesse pesquisa de graça neste mundo de meu deus.

No meio desse aperreio todo, decidiram comprar sua própria pesquisa.

O instituto amigo tratou logo de inflar os números em favor do Inominável, como quem joga uma tábua pra o gado bípede se agarrar.

Lobotomizado, o boi-bumbá verdeamarelo passou a mugir vitória no primeiro turno.

Veja você.

O diabo é que nada disso se transmuta em voto na urna.

O dado concreto é que todas as pesquisas mostram Lula crescendo e o Necrarca murchando.

Os gráficos das últimas amostragens revelam a boca do jacaré cada vez mais aberta; o jaca já tá mais bocudo que um hipopótamo.

Não há nada que faça o imbrochável subir.

Já tentaram todo tipo de viagra retórico: baixaram os preços dos combustíveis, cortaram impostos de bens de consumo dos ricos, prometeram aumento do auxílio para os miseráveis, deram grana viva para caminhoneiros e taxistas...

E nada da pipa do vovô subir.

Botaram a primeira-dama na tevê, organizaram um desfile início no Sete de Setembro, meteram um veloriomício no enterro da rainha, montaram um palanque na ONU, retuitaram todas as cínicas agressões do Ciro...

E nada.

E o pior, a tropa toda tá no bico do corvo.

Como os parlamentares de direita se elegeram no rastro do Necrarca em 2018, essa mesma onda, agora, os arrasta ladeira abaixo.

A candidatura do astronauta foi pro espaço, a da Janaína Pascoal nem decolou, Daniel Silveira arrasta uma bola de ferro nos calcanhares que o impede de sair do lugar, Zambelli vaga no vácuo como um cadáver insepulto, Moro é o Samurai Ronin sem espada, a conja foi derrotada por um pastel de feira, a candidatura de Deltan é mais insossa que rango de enfermo...

A coisa tá feia.

E tá tão feia que o Cara da Casa de Vidro chegou a declarar que se perder as eleições ele tira o time de campo e volta pra casa.

Ora, ora, ora.

Que casa?

Perdendo as eleições, o Cafuçú não vai voltar pra nenhuma das mais de cem casas que a família amealhou parasitando verbas públicas, ele tem contas a acertar com a justiça.

E quando os capas-pretas estão em seu encalço, o sujeito aciona o velho Temer, como o fez naquela brochada pública do Sete de Setembro de ‘21 quando, ao invés de botar o Zé Trovão para invadir o STF, ele se contentou em ler o decálogo apaziguador escrito por Temer.

E agora, Temer volta a socorrê-lo.

Depois de um bom tempo sem ver a luz do sol, eis que o Vampirão do Tuiuti, com a ajuda de um potente filtro solar, resolveu dar as caras, e propôs um transilvânico pacto nacional, com Supremo com tudo, para anistiar os crimes do seu colega de trambicagens.

Anistia, em grego, significa esquecimento; sua versão latina é traduzida por perdão judicial.

Sabemos no que isso daria.

Já demos esse perdão/esquecimento aos militares golpistas e não ganhamos nada com isso.

Paz nunca tivemos!

O que temos é uma população armada, raivosa, ameaçadora, pedindo golpe, a volta do AI-5 e, ainda, milhares de militares aboletados em cargos públicos gastando grana nossa com viagras, próteses penianas, picanhas e leites condensados.

O que Temer faz, ao pedir anistia ao delinquente que nos governa, é apenas admitir que o sujeito criminou.

E se formos anistiar um criminoso, é melhor anistiarmos todos: ou se abre as portas das cadeias para que os presos saiam, ou abrem-nas para que este bandido entre.

E fim de papo.

Palavra da salvação.

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email