CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Artur Figueiredo avatar

Artur Figueiredo

Jornalista e professor, com especialização em comunicação. Colaborador do portal Yahoo, comentarista, colunista: rádios Poliesportiva, Metropolitana AM 1070, redator do portal Torcedores.com, Assessoria de Comunicação da equipe União Mogi e colunista do jornal Gazeta Regional.

19 artigos

blog

Jornalista da Jovem Pan é processado por Carla Zambelli

Leonardo Grandini recebeu a notificação, em retaliação a críticas direcionadas a ela sobre uma perseguição a um homem negro

Polícia Federal e Carla Zambelli (Foto: Reuters | Reprodução)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

 Jornalista da Jovem Pan é processado por Carla Zambelli (PL) por fazer críticas a parlamentar no ato de sacar e perseguir um homem em São Paulo

 O comentarista da Jovem Pan, Leonardo Grandini, recebeu a notificação, em retaliação a críticas direcionadas a ela sobre uma perseguição a um homem negro pelas ruas de São Paulo.  

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

 Grandini compartilhou em suas redes sociais, a seguinte nota:

 “Fui processado pela deputada Carla Zambelli por ter dito no programa “Morning Show”, na Jovem Pan, que a mesma cometeu crime ao sacar uma arma de fogo e perseguir um homem desarmado pelas ruas dos Jardins no período eleitoral. Além do fato, a deputada teve as redes sociais bloqueadas pelo ministro Alexandre de Moraes por fomentar apologia ao crime com manifestação de fraude eleitoral, bem como caluniar e injuriar uma série de pessoas - como o presidente Lula - sempre de forma deliberada e estimulando o ódio dentre os seus seguidores fanáticos e radicais. Colega de Alexandre na corte, o ministro Gilmar Mendes, afirmou que Zambelli apenas não foi presa por ter foro privilegiado, ou seja, caso não fosse parlamentar, já estaria atrás das grades. Eu e centenas de jornalistas continuaremos denunciando as condutas e comportamentos de parlamentares como Carla Zambelli, Nikolas Ferreira, Eduardo Bolsonaro… responsáveis por estimular o ódio entre as pessoas e a animosidade entre as instituições democráticas”.  

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

ENTENDAM O CASO!  

 O evento fatídico aconteceu respectivamente em outubro do ano passado. A deputada do PL na ocasião havia alegado agressão por parte do rapaz. Em vídeo publicado nas redes sociais, Zambelli saca uma arma em público e começa a perseguir o jovem, em bairro nobre da capital paulista.  

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

 O caso gerou grande repercussão, com pedidos de cassação da parlamentar bolsonarista pelo ato. Grandini comentou no programa ‘Morning Show” no canal Jovem Pan. O jornalista, um dos críticos ferrenhos do governo Bolsonaro e seu clã, deu a sua visão sobre o ato da parlamentar.

“Ela inovou no direito brasileiro, teve a proeza de alegar legítima defesa, perseguindo um rapaz que estava correndo dela, alegando legítima defesa. E mais ainda: alegou que ele a empurrou, a agrediu e todos os vídeos mostram completamente o contrário. Além do mais ela mentiu na denúncia”, destaca.  

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

 Grandini saiu da emissora há alguns meses. Além dele, outro crítico do ex-presidente, César Calejon também deu adeus. A Jovem Pan, tida como parte da grande mídia, representante do bolsonarismo midiático foi acionada pelo STF (Superior Tribunal de Justiça) ao difundir fake News e discursos de ódio, pró golpe, invasão do Congresso Nacional, efetuado por bolsonaristas no começo do ano, no famigerado 8 de janeiro.  

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO