CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Odair Cunha avatar

Odair Cunha

Deputado federal por MG e líder da bancada do PT na Câmara dos Deputados

6 artigos

blog

Punição aos golpistas

Bolsonaro tenta, de novo, posar de bom moço, para enganar seus apoiadores. Não vai adiantar

Ato de Jair Bolsonaro na Avenida Paulista, em São Paulo, SP 25/02/2024 (Foto: Paulo Pinto/Agência Brasil)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

As novas informações da Polícia Federal sobre a tentativa de golpe de Estado e de abolição do Estado Democrático de Direito, em 8 de janeiro de 2023, são chocantes e mostram nitidamente como a democracia brasileira foi atacada pelo governo passado. Foi desvelada a trama golpista colocada em curso pelo inelegível, com o apoio de seus cúmplices civis e militares, inclusive ex-ministros e militares de altas patentes, dentro do Palácio do Planalto.

Agora, à luz dos novos episódios revelados pela PF, o ex-capitão convoca uma manifestação em São Paulo, tentando se fazer de vítima.  Trata-se de demonstração de desespero, já que todas suas tramoias antidemocráticas feitas nos bastidores vieram à tona.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Não obstante a gravidade dos fatos, ele tenta, de novo, posar de bom moço, para enganar seus apoiadores. Não vai adiantar, pois prevalece o ditado: “mentira tem perna curta”.

A operação Tempus Veritatis (ou “hora da verdade”, em latim), da PF, trouxe informações alarmantes sobre as maquinações golpistas. Os fatos confirmam a necessidade de punição, pela Justiça, não só da horda que ocupou Brasília no dia 8/1/23, mas também dos financiadores e organizadores da barbárie. O inelegível Bolsonaro é um deles: antes de fugir para os Estados Unidos, articulou os ataques que resultaram na invasão e destruição das sedes dos três Poderes.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Ao longo de seu mandato, espalhou mentiras sobre as eleições, conspirou contra o STF e instalou o ódio entre os brasileiros.  Seu histórico — defesa de ditaduras e da tortura, ataque aos direitos humanos, desrespeito às instituições democráticas e conspiração diuturna contra a democracia e o Estado de Direito – mostra que ele é uma ameaça permanente às instituições e ao País.

A convocação para ato em 25 de fevereiro, em São Paulo, mostra que continua a ser um perigo para a democracia. Uma manifestação ilegítima e contrária à Constituição. O ex-capitão tenta mobilizar seus cúmplices para desafiar a Justiça e instalar no Brasil a balbúrdia. Poderá ser novamente alvo de processo.  O mais grave ainda é que expõe seguidores a eventuais ações na Justiça por participação em mais um ato golpista.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Usar a democracia, invocando o direito de liberdade de expressão e de manifestação, para destruí-la em nome de seus interesses pessoais, é outra manobra ardilosa de Bolsonaro.  É muito descaramento: tentou um golpe e agora, diante das investigações, tenta se colocar como vítima.

O Brasil conquistou a democracia, a partir de 1985, com a luta de diferentes setores da sociedade, às custas de prisões, torturas e mortes. É inaceitável que em pleno século 21 saudosos dos anos de chumbo conspirem para levar o Brasil de novo às trevas.  É inconcebível que ainda disseminem mentiras sobre fraude nas eleições presidenciais de 2022, questionando as urnas eletrônicas que garantiram a vitória do ex-presidente em 2018 e também ao longo de décadas em suas disputas para o cargo de deputado federal.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Os vândalos terroristas de 8/1 foram derrotados, mas é preciso manter vigilância constante, diante do ressurgimento da extrema direita e de grupos neofascistas no País. O negacionismo e o uso das redes sociais para difusão de mentiras e de fake news por setores autoritários são ameaças às instituições democráticas. Bolsonaro navega nesse submundo da internet, continua a estimular o ódio e é um perigo real para a democracia. Resta agora pagar pelos seus crimes por fomentar um golpe de Estado.

Sem anistia!

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Artigo publicado originalmente na Revista Focus – FPA

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO