Tempos de luto e de luta

E os genocidas que saibam bem: o ricocheteio do caniço pensante trará consigo a energia represada e, então, um novo sopro de vida acariciará nossos rostos, secará nossas lágrimas e tal como registrou o poeta "isso de ser exatamente o que se é ainda vai nos levar além". O momento é de luto, o momento é de luta.

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Dizem que a vida é um sopro. Ironia trágica e macabra. É justamente um sopro, um lufada de ar, que está definindo a vida e a morte no seu momento limítrofe e agudo. Nossas páginas de rede social transformaram-se numa imensa seção de obituário de jornal. Desde conhecidos muito próximos a outros que não nos são completamente alheios porque nutrimos a empatia, a solidariedade e os sentimentos, sejam os de dor, os de tristeza, os de revolta. "Um sopro", repito silenciosamente para mim. 

E é desse meu silêncio, reflexivo, profundo e angustiante, que busco forças e alguma coisa que me dê sentido, porque verdade seja dita, meus amigos, não está sendo nada fácil. Render homenagem e honra aos que partiram é lutar pelos que ficam, inclusive por aqueles que não acreditam e até por aqueles que nos combatem. 

Melhor seria se, qual aquela velha canção, estivéssemos atentos e fortes e não tivéssemos sequer tempo para temer a morte. Longe da poesia, o cotidiano é duro e frio e cinza como concreto. Mas fato é que não temos o direito de desistir: vergamos, porém não quebramos. E os genocidas que saibam bem: o ricocheteio do caniço pensante trará consigo a energia represada e, então, um novo sopro de vida acariciará nossos rostos, secará nossas lágrimas e tal como registrou o poeta "isso de ser exatamente o que se é ainda vai nos levar além". O momento é de luto, o momento é de luta.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email