CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Adilson Roberto Gonçalves avatar

Adilson Roberto Gonçalves

Pesquisador científico em Campinas-SP

184 artigos

blog

Valores democráticos

Apenas agora estão identificando e prendendo quem financiou o 8 de janeiro. Deve-se chegar logo nos já sabidos mentores da disruptura institucional

Manifestação a favor da democracia e contra Jair Bolsonaro em São Paulo (Foto: REUTERS/Carla Carniel)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Reflexão que poderia ser também intitulada: qual o preço da democracia? Ou ainda: quantos financiam aos atos contra ela, a democracia? Mesmo sabendo que mais um capítulo da corrosão democrática se revela com o monitoramento feito pela Abin, destaco alguns comentários e artigos prévios, feito uma miscelânea, do início do ano, envolvendo, como sempre, os jornalões da capital paulista.

Foi muito boa a reflexão e a contextualização sobre os fatos recentes de ascensão de neonazistas no Brasil feitas por Ricardo Viveiros no artigo “O que nos mantém vivos” (Folha de S. Paulo, 2/1). Ele falhou apenas ao fazer uma falsa equivalência entre direita e esquerda, pois os atentados contra pessoas e contra a democracia vieram apenas de um lado.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Na mesma toada, foi interessante a abordagem de Hélio Schwartsman naquele mesmo jornal em relação ao fundo eleitoral, rotulado por ele de “gula obscena”, alguns dias depois. Porém, democracia tem um preço e concordo pagá-lo. Se ele quer analisar de fato a questão, falta compilar os gastos das eleições passadas e avaliar em que o recurso foi usado. A tese de concentração de recursos nos caciques partidários precisaria ser confirmada entre os não eleitos, saber o que faltou de recursos para eles. De qualquer forma, a qualidade dos eleitos é dada pelo voto e está piorando a cada ciclo, nisso concordamos.

Apenas agora estão identificando e prendendo quem financiou o 8 de janeiro. Deve-se chegar logo nos já sabidos mentores da disruptura institucional, ainda mais que houve depoimentos dos presos na Papuda de que foram treinados dentro do espaço militar para a ação de um ano atrás contra os Três Poderes. Além disso, a geografia da intentona é mais ampla, pois os que ficaram à frente dos quartéis clamando por um golpe estão soltos em minha cidade e continua a difusão das mentiras associadas pelas redes sociais.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Finalizemos com Eduardo Paes. Tomaram por escândalo quando ele denunciou as sabidas cobranças de propina por parte de bandidos no Rio de Janeiro. Já quando os militares cobram a manutenção de suas milionárias benesses e impunidade por crimes da ditadura e das tentativas de novos golpes, a Folha de S. Paulo chamou isso de “pacificação meritória” em editorial de 12/1. Essa indignação não foi publicada, obviamente. São esses alguns dos embates entre valores e preços da democracia.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO