AGU pede bloqueio de R$ 6,5 milhões de 52 pessoas e 7 empresas que teriam financiado terrorismo bolsonarista

Segundo a AGU, o valor pode aumentar

(Foto: Reuters/Adriano Machado)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 -  A Advocacia-Geral da União (AGU) pediu à Justiça Federal do Distrito Federal que bloqueie mais de R$ 6,5 milhões em bens de 52 pessoas e sete empresas que financiaram o transporte dos terroristas bolsonaritas envolvidos na tentativa de golpe de Estado do último domingo (8).

A ideia é que o montante seja utilizado para ressarcir a União pelos danos materiais nas sedes do Legislativo, quando houver condenação judicial nesse sentido. 

continua após o anúncio

Segundo a AGU, o valor pode aumentar, à medida que a contabilidade dos prejuízos aumente. Os valores não incluem os danos ao Palácio do Planalto e ao Supremo Tribunal Federal. 

“Os réus tiveram papel decisivo no desenrolar fático ocorrido no último dia 08 de janeiro de 2023 e, portanto, devem responder pelos danos causados ao patrimônio público federal e derivados desses atos, disso decorrendo a sua legitimidade passiva”, afirmou a AGU. 

continua após o anúncio

“A gravidade dos fatos praticados e nos quais os réus se envolveram, que, mais que lesar o patrimônio público federal, implicaram ameaça real ao regime democrático brasileiro, impõe uma resposta célere e efetiva, pena de comprometer o sistema de justiça e sua efetividade, autorizando, assim, o magistrado a lançar mão do seu poder geral de cautela para garantir a efetividade da pretensão de reparação de danos a ser oportunamente apresentada, e tudo isso para se evitar ou afastar o risco ao resultado útil do processo, finalidade principal das medidas de urgência”.

A lista dos alvos do bloqueio abrange imóveis, veículos, valores financeiros em contas e outros bens e foi elaborada com base nos dados da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Inclui apenas os que contrataram ônibus apreendidos transportando bolsonaristas que participaram dos atos terroristas. 

continua após o anúncio

Veja quem são os suspeitos:

1. ADAILTON GOMES VIDAL;
2. ADEMIR LUIS GRAEFF;
3. ADOILTO FERNANDES CORONEL;
4. ADRIANE DE CASIA SCHMATZ HAGEMANN;
5. ADRIANO LUIS CANSI;
6. ALETHEA VERUSKA;
7. AMIR ROBERTO EL DINE;
8. APARECIDA SOLANGE ZANINI;
9. BRUNO MARCOS DE SOUZA CAMPOS;
10. CARLOS EDUARDO OLIVEIRA;
11. CESAR PAGATINI;
12. CLAUDIA REIS DE ANDRADE;
13. DANIELA BERNARDO BUSSOLOTTI;
14. DYEGO PRIMOLAN ROCHA;
15. FERNANDO JOSE RIBEIRO CASACA;
16. FRANCIELY SULAMITA DE FARIA;
17. GENIVAL JOSE DA SILVA;
18. HILMA SCHUMACHER;
19. JASSON FERREIRA LIMA;
20. JEAN FRANCO DE SOUZA;
21. JOAO CARLOS BALDAN;
22. JORGE RODRIGUES CUNHA;
23. JOSE DE OLIVEIRA;
24. JOSE ROBERTO BACARIN;
25. JOSIANY DUQUE GOMES SIMAS;
26. LEOMAR SCHINEMANN;
27. MARCELO PANHO;
28. MARCIA REGINA RODRIGUES;
29. MARCIO VINICIUS CARVALHO COELHO;
30. MARCO ANTONIO DE SOUZA;
31. MARCOS OLIVEIRA QUEIROZ;
32. MARLON DIEGO DE OLIVEIRA;
33. MICHELY PAIVA ALVES;
34. MONICA REGINA ANTONIAZI;
35. NELMA BARROS BRAGA PEROVANI;
36. NELSON EUFROSINO;
37. PABLO HENRIQUE DA SILVA SANTOS;
38. PATRICIA DOS SANTOS ALBERTO LIMA;
39. PEDRO LUIS KURUNCZI;
40. RAFAEL DA SILVA;
41. RIENY MUNHOZ MARCULA;
42. ROSANGELA DE MACEDO SOUZA;
43. RUTI MACHADO DA SILVA;
44. SANDRA NUNES DE AQUINO;
45. SHEILA MANTOVANNI;
46. STEFANUS ALEXSSANDRO FRANCA NOGUEIRA;
47. SULANI DA LUZ ANTUNES SANTOS;
48. TEREZINHA DE FATIMA ISSA DA SILVA;
49. VANDERSON ALVES NUNES;
50. WILLIAM BONFIM NORTE;
51. YRES GUIMARAES;
52. ZILDA APARECIDA DIAS;

continua após o anúncio

1. ALVES TRANSPORTES LTDA;
2. ASSOCIAÇÃO DIREITA CORNÉLIO PROCOPIO;
3. GRAN BRASIL VIAGENS E TURISMO LTDA;
4. PRIMAVERA TUR TRANSPORTE EIRELI;
5. RV DA SILVA SERVIÇOS FLORESTAIS LTDA;
6. SINDICATO RURAL DE CASTRO;
7. SQUAD VIAGENS E TURISMO LTDA.

(Com informações do G1). 

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247