De descendência libanesa, Haddad lamenta explosão no porto de Beirute

“Um povo magnífico que não merece tanto sofrimento”, escreveu Fernando Haddad no Twitter

Fernando Haddad
Fernando Haddad (Foto: Brasil247 | Mohamed Azakir/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - São muitos os descendentes de libaneses que vivem no Brasil, e lamentam a tragédia ocorrida nesta terça-feira (4), com a explosão de um compartimento de armazenamento de munições, no Porto de Beirute, que já causou ao menos 50 vítimas fatais e produziu mais de 3 mil feridos – números que tendem a aumentar nas próximas horas.

Um desses descendentes é o educador Fernando Haddad, ex-ministro da Educação, ex-prefeito de São Paulo e presidenciável do PT nas eleições de 2018, na qual conseguiu ir até o segundo turno.

Em seu perfil de Twitter, Haddad disse que lamenta o ocorrido. “Nosso Líbano tem sido castigado pela história recente. Líbano é sinônimo de resistência e liberdade. Um povo magnífico que não merece tanto sofrimento, num momento já difícil. Que Deus abençoe a família das vítimas., num momento já difícil. Que Deus abençoe a família das vítimas”, escreveu o professor universitário.

Leia mais na Fórum.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247