Brasil

PRF diz ter identificado casos de policiais suspeitos de ajudar golpistas

Segundo o corregedor-geral da PRF, Wendel Benevides Matos, todas as ocorrências serão apuradas

(Foto: Marcelo Pinto/A Platéia | Reprodução)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Diretores da PRF (Polícia Rodoviária Federal) disseram ter identificado em vídeos três casos em que agentes da corporação aparecem supostamente ajudando golpistas nos bloqueios das estradas. As informações são do portal UOL.

Segundo o corregedor-geral da PRF, Wendel Benevides Matos, todas as ocorrências serão apuradas.

Por enquanto, os casos se concentram em São Paulo e Santa Catarina.

"Nenhuma ordem foi dada para que servidores deixassem de cumprir seu papel ,e eles responderão a procedimentos para explicar o que aconteceu", disse Matos em coletiva de imprensa com jornalistas na manhã desta terça-feira (1°), na sede da PRF em Brasília.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Saiba mais 

 O diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Silvinei Vasques, informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) as medidas adotadas para desbloquear os bloqueios realizados nas rodovias de todo o país em protesto contra a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no segundo turno da eleição presidencial. De acordo com a coluna do jornalista Fausto Macedo, do jornal O Estado de S. Paulo, as medidas listadas por Vasques “incluem a solicitação de R$ 970 mil ao Ministério da Justiça para custeio de passagens e diárias de PRFs, a suspensão de atividades administrativas não essenciais da corporação, assim como de folgas de agentes para compensação de horas”.

A reportagem destaca, ainda, que Vasques aproveitou a ocasião “para rechaçar ‘manifestações de policiais veiculadas nas mídias sociais dando conta de que a corporação não atuaria coercitivamente para liberar as rodovias’. Segundo ele, a informação ‘não condiz com a verdade’. “Em momento algum tal determinação foi emanada por esta Direção, ao que tal postura individual desses agentes será objeto de apuração”, diz ele em um trecho do documento. A Corregedoria da PRF São Paulo já abriu  investigação para apurar eventuais irregularidades por parte de agentes da corporação. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO