Zambelli pede golpe de estado a generais em vídeo: 'não é hora de se dizerem apartidários'

“Dia 1º de janeiro, senhores generais quatro estrelas, vão querer prestar continência a um bandido ou à nação brasileira?", questionou a deputada

www.brasil247.com - Carla Zambelli
Carla Zambelli (Foto: Reprodução)


247 - Em vídeo publicado no Instagram nesta terça-feira (29), a deputada federal Carla Zambelli (PL-SP) incitou generais de quatro estrelas a darem um golpe de estado e impedirem a posse do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). 

“Dia 1º de janeiro, senhores generais quatro estrelas, vão querer prestar continência a um bandido ou à nação brasileira? Não é hora de responder com carta se dizendo apartidário. É hora de se posicionar. De que lado da história vocês vão ficar?”, questionou a deputada.

Zambelli também clamou aos militares que atendam aos pedidos dos bolsonaristas que promovem atos golpistas em frente aos quartéis e em rodovias desde a vitória de Lula nas eleições. "Salvem a alma do Brasil", pediu.

No início do vídeo, a deputada fez menção ao comentário de Paulo Figueiredo Filho, neto do ditador João Figueiredo, que havia dito no programa Os Pingos nos Is, da Jovem Pan, que os militares estariam insatisfeitos com "essas últimas ações do STF" e estariam escutando o "clamor do povo", em referência aos atos contrários ao resultado das eleições. 

Em nota, o Exército rechaçou as declarações do comentarista e afirmou que "os militares da ativa, por definição legal e por compromisso com a Nação Brasileira, são apartidários em suas condutas, preservando os valores pertinentes à carreira das Armas".

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247