CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mídia

Deputado aciona o Ministério Público contra fake news da CNN em conluio com governo de São Paulo para atacar Lula

A ação recai sobre o Secretário de Negócios Internacionais do governo do estado, Lucas Ferraz, que teria pautado a notícia falsa levada ao ar pela CNN

Imagem Thumbnail
Paulo Fiorilo, Lucas Ferraz e Tarcísio de Freitas (Foto: José Antonio Teixeira/Alesp | Reprodução | Mônica Andrade/Governo de SP | Célio Messias/Governo de SP)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Líder da Federação Brasil da Esperança (PT/PCdoB/PV), o deputado estadual de São Paulo Paulo Fiorilo (PT) vai ingressar com representação ao Ministério Público paulista contra o Secretário de Negócios Internacionais do governo do estado, Lucas Ferraz, por pautar notícia falsa, reproduzida pela CNN Brasil.

O pedido é para que o Ministério Público investigue se houve utilização do aparato de publicidade do governo do estado, em específico da Secretaria de Negócios Internacionais, para produção e divulgação de notícia falsa, com caráter difamatório e motivação política, em absoluto desvio de finalidade da publicidade oficial e conivente com a prática de crimes.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

“Causa perplexidade o modo de produção e divulgação de notícias sem a devida comprovação oficial. A publicação de fake news pode caracterizar o crime de difamação e por isso é fundamental que o Ministério Público apure o que de fato ocorreu e se houve motivação política”, explica o deputado.

A fake news foi levada ao ar pela CNN e dizia que a estatal russo-ucraniana Antonov teria deixado de investir US$ 50 bilhões no Brasil em razão de declarações do presidente Lula (PT). O governo paulista ajudou a dar ar de verdade à mentira.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO