CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Poder

Lula defende responsabilização de big techs por crimes cometidos nas redes sociais

Presidente alertou para a necessidade de "combater os discursos de ódio contra adversários e grupos minoritários historicamente vítimas de preconceito e discriminação"

Imagem Thumbnail
Sessão solene de abertura do ano Judiciário de 2024 (Foto: Ricardo Stuckert)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Em participação na cerimônia de abertura do ano do Judiciário nesta quinta-feira (1), no Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Lula (PT) discursou a favor da responsabilização das big techs pelos crimes cometidos nas redes sociais. Ele defende que as empresas donas das plataformas precisam ser cobradas pelo conteúdo violento e nocivo à sociedade que é difundido e promovido nelas.

"É preciso criminalizar aqueles que incitam a violência nas redes sociais, mas é também necessário responsabilizar as empresas pelos crimes que são cometidos em suas plataformas, a exemplo da pedofilia, incentivo aos massacres nas escolas e estímulo à automutilação de adolescentes e crianças", disse Lula. >>> LEIA TAMBÉM: Pacheco pede cooperação harmoniosa entre Poderes em evento no STF

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Antes, no mesmo discurso, o presidente havia destacado a importância de defender a liberdade de expressão, que chamou de "conquista civilizatória de nossa Constituição". No entanto, alertou para a necessidade de "combater os discursos de ódio contra adversários e grupos minoritários historicamente vítimas de preconceito e discriminação".

"É preciso desmantelar a criminosa máquina de fake news que, durante a pandemia, espalhou suspeitas infundadas sobre vacinas, causando a morte de centenas de milhares de brasileiros e brasileiras", lembrou o presidente.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO