Lula: Minha briga na Lava Jato é específica. Estou discutindo minha inocência

"Tem gente que gosta de fazer confusão, dizendo que a anulação dos meus processos é a anulação da Lava Jato. É a anulação do meu caso", afirmou o ex-presidente Lula. Estou discutindo a minha inocência. Se alguém roubou que seja preso", disse. Nesta quinta-feira (15), o STF julga, em plenário, a anulação da condenação sem provas do petista

O ex-presidente Lula
O ex-presidente Lula (Foto: Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva destacou que está brigando pela anulação do seu processo do tríplex em Guarujá (SP) e não é contra a investigação dos esquemas de corrupção pela extinta Operação Lava Jato.

"Estou tranquilo. Tem gente que gosta de fazer confusão, dizendo que a anulação dos meus processos é a anulação da Lava Jato. É a anulação do meu caso. A minha briga é com o meu caso específico. Estou discutindo a minha inocência. Se alguém roubou que seja preso", afirmou o ex-presidente à Rádio O Povo. 

Nesta quinta-feira (15), o Supremo Tribunal Federal (STF) julga, em plenário, a anulação da condenação do ex-presidente. Sérgio Moro já havia sido condenado pelo ministro Edson Fachin pela parcialidade contra Lula. 

Pesquisa eleitoral

Pesquisa Poderdata divulgada, nessa quarta-feira (14), mostra que o petista com vantagem de 18 pontos percentuais sobre Jair Bolsonaro num cenário de segundo turno das eleições presidenciais de 2022. 

De acordo com o levantamento, o ex-presidente também é o menos rejeitado (41%).

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais: 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email