Integrantes da PGR avaliam que as denúncias de Marcos Do Val ainda são incipientes e algumas versões se contradizem

Segundo membros da Procuradoria-Geral da República, ainda são necessárias provas da trama golpista revelada pelo senador do Podemos-ES

Marcos do Val
Marcos do Val (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Membros da Procuradoria-Geral da República (PGR) destacaram reservadamente que as denúncias feitas nas últimas horas pelo senador Marcos do Val (Podemos-ES) estão no começo e são necessárias provas concretas para comprovar o que o parlamentar vem alegando. De acordo com essas fontes, o parlamentar tem contra si algumas versões contraditórias. A informação foi publicada pela CNN Brasil.

O senador revelou que Jair Bolsonaro, o ex-deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) e membros do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) discutiram uma forma de tentar um golpe de estado. Um dos objetivos era grampear conversas do ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes e conseguir alguma informação que pudesse comprometer levar ao impeachment do juiz. Do Val ajuda no plano de gravar diálogos do magistrado. 

continua após o anúncio

O ministro do STF determinou a abertura de uma investigação para apurar a conduta do senador, que, na avaliação do juiz, apresentou versões contraditórias.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247