CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasília

Preso pela PF, Costa Neto deve passar por audiência de custódia nesta sexta-feira

Presidente do PL foi preso por porte ilegal de arma de fogo no âmbito da Operação Tempus Veritatis. Agentes também econtraram uma pepita de ouro proveniente de garimpo ilegal

O presidente nacional do PL, Valdemar da Costa Neto (Foto: Jose Cruz/Agencia Brasil)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, deverá passar por uma audiência de custódia perante o Supremo Tribunal Federal (STF) nesta sexta-feira, após ser preso durante a operação Tempus Veritatis, deflagrada pela Polícia Federal na quinta-feira (8) com o objetivo de apurar os atos golpistas do dia 8 de janeiro do ano passado. Ele passou a noite na carceragem da PF em Brasília.

A prisão ocorreu após um mandado de busca e apreensão, mas Costa Neto foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. Além disso, uma pepita de ouro de origem ilegal foi encontrada entre seus pertences.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Uma perícia da PF revelou que a pepita possui cerca de 39 gramas e teor aproximado de 91,76% de ouro, sendo avaliada em cerca de R$ 11 mil. Ainda conforme a análise, a pepita provém de garimpo ilegal. Durante a operação, a sede do Partido Liberal também foi alvo de buscas. Segundo a Band, Costa Neto disse que a arma irregular encontrada em seu poder pertence a seu pai e seria uma  "lembrança afetiva".

A operação Tempus Veritatis resultou em três mandados de prisão cumpridos pela PF: Felipe Martins, ex-assessor para Assuntos Internacionais da Presidência; Marcelo Câmara, ex-ajudante de ordens; e Rafael Martins de Oliveira, major do Exército. O coronel Bernardo Romão Corrêa Netto, quarto alvo, entregou-se nos Estados Unidos, onde estava desde dezembro de 2022, e é acusado de envolvimento em núcleos golpistas. Jair Bolsonaro também foi alvo da operação e teve o seu passaporte apreendido. 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO