Ricardo Coutinho sobre volta ao PT: 'não poderia ficar esperando para apoiar Lula aos 45 do 2º tempo'

Ex-governador da Paraíba disse à TV 247 que o ex-presidente Lula é a única pessoa no cenário político brasileiro capaz de derrotar o bolsonarismo

www.brasil247.com - Ricardo Coutinho vai depor em defesa de Lula e diz que ex-presidente é inocente
Ricardo Coutinho vai depor em defesa de Lula e diz que ex-presidente é inocente (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho afirmou nesta quinta-feira (19), em entrevista à TV 247, que sua filiação ao PT se deu em função das eleições presidenciais de 2022, classificadas por ele como “as mais importantes da história republicana brasileira”. 

“É preciso derrotar o ovo da serpente do fascismo, é preciso derrotar o bolsonarismo. E além de derrotá-lo, é preciso que a gente tenha de volta ao governo a sensibilidade social, a estatura perante as demais nações, e uma nova pactuação que consiga fazer com que nossa sociedade se reencontre, porque hoje ela está completamente distanciada, em guerra”, afirmou Coutinho ao jornalista William De Lucca.

Para Coutinho, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é a única pessoa no cenário político brasileiro capaz de derrotar o bolsonarismo. “E eu não poderia ficar esperando para apoiá-lo aos 45 minutos do segundo tempo. O Brasil exige que a gente construa o processo. Na minha avaliação, será um processo muito violento, porque violenta tem sido a vida dos brasileiros nestes dez anos”, afirmou. “Nós temos que sair desta arapuca que foi armada, que veio na esteira do lavajatismo, contra a cidadania do nosso povo. E Lula é o mensageiro disso. Não tem outra pessoa com estatura para reconstituir o tecido social brasileiro”, acrescentou. 

PUBLICIDADE

Ao ser perguntado sobre as possibilidades de alianças do PT com outros partidos, Coutinho defendeu o diálogo com partidos do campo democrático. "Mais do que possível, será necessário. E é como eu digo, precisamos ser construtores. Nós estamos montando um cenário para 2022 e o Lula faz bem em dialogar com outros partidos. Precisamos construir uma aliança ampla", afirmou. 

Inscreva-se na TV 247, seja membro, e assista à entrevista na íntegra:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email