América Latina

Cuba e Rússia celebram 64 anos do restabelecimento de relações

Díaz-Canel realiza sua quarta visita à Rússia como chefe de Estado

Imagem Thumbnail
Vladimir Putin e Miguel Díaz-Canel (Foto: Reprodução/Sputnik)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Prensa Latina - Cuba e Rússia celebram nesta quarta-feira (8), o 64º aniversário do restabelecimento de suas relações diplomáticas, durante a visita do presidente do presidente Miguel Díaz-Canel, ao país euroasiático.

Durante sua estada na Rússia até a quinta-feira, o presidente cubano desenvolverá uma agenda intensa que incluirá um encontro com o presidente Vladimir Putin para analisar os laços entre os dois países em todas as áreas.

Em Moscou, Díaz-Canel participará do Conselho Supremo da União Econômica Eurasiática, importante bloco de integração do qual Cuba é país observador.

O chefe de Estado cubano comparecerá no dia 9 de maio ao desfile militar e outras atividades comemorativas do 79º aniversário da vitória na Grande Guerra Patriótica, respondendo a um convite de seu homólogo russo.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Em 8 de maio de 1960, Rússia e Cuba oficializaram o restabelecimento de suas relações diplomáticas, que haviam sido rompidas em 1952 pelo ditador Fulgencio Batista devido à sua dependência política dos Estados Unidos.

A vitória da Revolução Cubana, um ano antes, possibilitou o restabelecimento desses laços com a então União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, com base na simpatia mútua entre os dois povos, na aspiração compartilhada de justiça e igualdade de direitos e na vontade de seguir um caminho soberano de desenvolvimento.

Esses laços foram consolidados e hoje se sustentam no respeito mútuo, na colaboração, na defesa do direito das nações à autodeterminação e na necessidade do multilateralismo nas relações internacionais.

Nesse sentido, Moscou e Havana defendem o cumprimento das normas do direito internacional consagradas na Carta das Nações Unidas, bem como o respeito à soberania e à não interferência nos assuntos internos dos Estados.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Hoje, Cuba e Rússia fortalecem sua parceria estratégica, com um diálogo político ativo nos mais altos níveis e a coincidência em questões-chave da agenda internacional.

Esta é a quarta visita de Díaz-Canel à Rússia em seu mandato como chefe de Estado, após suas viagens a esse país em 2018, 2019 e 2022.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO