América Latina

Ecopetrol e Petrobras devem colaborar em desenvolvimento de hidrogênio verde, diz Petro

Brasil e Colômbia assinaram acordos para combater crime, fome, tráfico de seres humanos e melhorar comunicações na sua fronteira comum de 1.645 km ao longo da floresta amazônica

Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e presidente da Colômbia, Gustavo Petro (Foto: REUTERS/Luisa Gonzalez)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

BOGOTÁ (Reuters) - A empresa estatal colombiana de energia Ecopetrol e a Petrobras devem trabalhar juntas no desenvolvimento do hidrogênio verde, disse o presidente colombiano, Gustavo Petro, nesta quarta-feira, depois de receber visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Há um projeto que acho que poderíamos organizar através de nossas duas grandes empresas petrolíferas, Petrobras e Ecopetrol, juntas em um projeto de energia limpa”, disse Petro. “Proponho realizar um projeto comum de hidrogênio verde na Colômbia e no Brasil para nos tornarmos vanguardas da energia limpa na América do Sul e no mundo”, acrescentou.

Os dois países também assinaram acordos para combater o crime, a fome, o tráfico de seres humanos e melhorar as comunicações na sua fronteira comum de 1.645 quilômetros ao longo da floresta amazônica.

Os dois líderes concordaram ainda que quem perder a eleição presidencial de julho na Venezuela deve ter sua segurança garantida, acrescentou Petro em declaração a jornalistas após a reunião em Bogotá.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Na quinta-feira, o governo dos Estados Unidos irá reimpor sanções petrolíferas à Venezuela em resposta ao que as autoridades norte-americanas consideram ser o fracasso do presidente Nicolás Maduro em cumprir os seus compromissos de realizar eleições livres e justas este ano.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO