Eduardo Fagnani apoia o 247: apoie a mídia independente

O professor de Economia da Unicamp Eduardo Fagnani apoia a campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. "O Brasil passa por transformações muito complicadas, muito regressivas. A Constituição de 88, que é um marco do processo civilizatório brasileiro, está sendo destruída e esse debate nós não vemos na grande imprensa. Por isso eu digo a você que apoie a mídia independente", diz ele em seu vídeo de apoio. Assista

www.brasil247.com - Eduardo Fagnani apoia o 247: apoie a mídia independente
Eduardo Fagnani apoia o 247: apoie a mídia independente


247 - O professor de Economia da Unicamp Eduardo Fagnani apoia a campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247.

Acesse aqui a página de assinaturas e confira seu depoimento:

Oi, meu nome é Eduardo Fagnani. Sou professor do Instituto de Economia da Unicamp. Trabalho com proteção social há mais de 30 anos. O Brasil passa por transformações muito complicadas, muito regressivas. A Constituição de 88, que é um marco do processo civilizatório brasileiro, está sendo destruída e esse debate nós não vemos na grande imprensa. Por isso eu digo a você que apoie a mídia independente.

Veja o vídeo, faça sua assinatura solidária e ajude a financiar o Brasil 247 e a expansão da TV 247:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email