João Pedro Stédile apoia o 247: vital na resistência democrática

O militante do MST João Pedro Stédile apoia a campanha de assinaturas solidárias do 247. "O Brasil está vivendo uma grave crise política e econômica, manipulada pelos meios de comunicação, que são regiamente abastecidos com verbas públicas. Na nossa resistência democrática, nós precisamos valorizar, defender e estimular todo tipo de meios de comunicação populares. Por isso, peço também o seu apoio para ajudarmos a que o portal Brasil 247 continue vivo, resistente e nos abastecendo com informações que na grande imprensa você nunca vai encontrar", diz ele

O militante do MST João Pedro Stédile apoia a campanha de assinaturas solidárias do 247. "O Brasil está vivendo uma grave crise política e econômica, manipulada pelos meios de comunicação, que são regiamente abastecidos com verbas públicas. Na nossa resistência democrática, nós precisamos valorizar, defender e estimular todo tipo de meios de comunicação populares. Por isso, peço também o seu apoio para ajudarmos a que o portal Brasil 247 continue vivo, resistente e nos abastecendo com informações que na grande imprensa você nunca vai encontrar", diz ele
O militante do MST João Pedro Stédile apoia a campanha de assinaturas solidárias do 247. "O Brasil está vivendo uma grave crise política e econômica, manipulada pelos meios de comunicação, que são regiamente abastecidos com verbas públicas. Na nossa resistência democrática, nós precisamos valorizar, defender e estimular todo tipo de meios de comunicação populares. Por isso, peço também o seu apoio para ajudarmos a que o portal Brasil 247 continue vivo, resistente e nos abastecendo com informações que na grande imprensa você nunca vai encontrar", diz ele (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O militante do MST João Pedro Stédile apoia a campanha de assinaturas solidárias do 247. "O Brasil está vivendo uma grave crise política e econômica, manipulada pelos meios de comunicação, que são regiamente abastecidos com verbas públicas. Na nossa resistência democrática, nós precisamos valorizar, defender e estimular todo tipo de meios de comunicação populares. Por isso, peço também o seu apoio para ajudarmos a que o portal Brasil 247 continue vivo, resistente e nos abastecendo com informações que na grande imprensa você nunca vai encontrar", diz ele. 

Acesse aqui a página de assinaturas e confira seu depoimento:

Um dos problemas mais graves que a sociedade brasileira enfrenta é o monopólio da comunicação.

Um pequeno grupo de televisões, de grandes jornalões e revistas controla o que o povo brasileiro deve saber e, com isso, manipulam seu pensamento.

Por isso, qualquer sociedade, para ser democrática, tem que garantir o livre acesso das informações para todo o povo, possuindo meios de comunicação democráticos, seja na televisão, nos portais da internet, nos jornais ou nas revistas.

O Brasil está vivendo uma grave crise política e econômica, manipulada pelos meios de comunicação, que são regiamente abastecidos com verbas públicas.

Na nossa resistência democrática, nós precisamos valorizar, defender e estimular todo tipo de meios de comunicação populares.

Por isso, peço também o seu apoio para ajudarmos a que o portal Brasil 247 continue vivo, resistente e nos abastecendo com informações que na grande imprensa você nunca vai encontrar.

Veja o vídeo, faça sua assinatura solidária e ajude a financiar o Brasil 247 e a expansão da TV 247 (OBS: a opção no link é para realizar a assinatura com cartão de crédito. Caso prefira boleto bancário, favor enviar email para [email protected]):

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247