Tereza Cruvinel apoia o 247: temos direito ao jornalismo livre e plural

A jornalista Tereza Cruvinel, um dos principais nomes do jornalismo brasileiro e que estruturou a comunicação pública brasileira, apoia a campanha de assinaturas solidárias do 247. "Neste momento, em que o Brasil vive grandes retrocessos, tornou-se ainda mais importante apoiar e garantir a independência editorial de espaços como o Brasil 247. Venho pedir o seu apoio em nome do direito de todos nós a um jornalismo livre e plural", diz ela

A jornalista Tereza Cruvinel, um dos principais nomes do jornalismo brasileiro e que estruturou a comunicação pública brasileira, apoia a campanha de assinaturas solidárias do 247. "Neste momento, em que o Brasil vive grandes retrocessos, tornou-se ainda mais importante apoiar e garantir a independência editorial de espaços como o Brasil 247. Venho pedir o seu apoio em nome do direito de todos nós a um jornalismo livre e plural", diz ela
A jornalista Tereza Cruvinel, um dos principais nomes do jornalismo brasileiro e que estruturou a comunicação pública brasileira, apoia a campanha de assinaturas solidárias do 247. "Neste momento, em que o Brasil vive grandes retrocessos, tornou-se ainda mais importante apoiar e garantir a independência editorial de espaços como o Brasil 247. Venho pedir o seu apoio em nome do direito de todos nós a um jornalismo livre e plural", diz ela (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A jornalista Tereza Cruvinel, um dos principais nomes do jornalismo brasileiro e que estruturou a comunicação pública brasileira, apoia a campanha de assinaturas solidárias do 247. "Neste momento, em que o Brasil vive grandes retrocessos, tornou-se ainda mais importante apoiar e garantir a independência editorial de espaços como o Brasil 247. Venho pedir o seu apoio em nome do direito de todos nós a um jornalismo livre e plural", diz ela.

Acesse aqui a página de assinaturas e confira seu depoimento:

Há mais de trinta anos comecei minha carreira no jornalismo político.

Passei por diversos veículos, escrevi uma coluna no jornal O Globo por 25 anos e simultaneamente atuei como comentarista na Globonews por dez anos.

Em 2007, convencida pela prática de que o Brasil precisava – e continua precisando – de uma sistema de mídia não monopólico, mais democrático e pluralista, que garantisse voz a todos os segmentos da sociedade, aceitei o convite do então presidente Lula para implantar o Sistema Público de Comunicação – por sinal, previsto em nossa Constituição.

Assim, ao lado de muitas outras pessoas comprometidas com a comunicação pública, implantei a EBC e a TV Brasil, empresas que o governo de Michel Temer vem desfigurando.

Desde 2014, escrevo com absoluta liberdade no portal Brasil 247.

Escrevo sobre o que eu acho importante para os leitores e não sobre o mandam escrever.

Neste momento, em que o Brasil vive grandes retrocessos, tornou-se ainda mais importante apoiar e garantir a independência editorial de espaços como o Brasil 247.

Agora, estamos lançando a nossa campanha de assinaturas solidárias e eu venho pedir o seu apoio em nome do direito de todos nós a um jornalismo livre e plural.

Veja o vídeo, faça sua assinatura solidária e ajude a financiar o Brasil 247 e a expansão da TV 247 (OBS: a opção no link é para realizar a assinatura com cartão de crédito. Caso prefira boleto bancário, favor enviar email para [email protected]):

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247