31 de agosto. Um ano do golpe. Um lamento. Uma dor

Não sei de suas lamúrias ou de suas dores. Mas a minha é grande. Nunca pensei em presenciar um golpe. Um golpe tão, tão... chulé. Mas foi isso! Um golpe chulé! O motivo foi chulé. Do nível dos golpistas

aécio temer
aécio temer (Foto: Edison Brito)

Sim, estamos próximos. 31 de agosto de 2016 a presidenta, legitimamente eleita, Dilma Rousseff foi deposta. Há um ano atrás.

Um réquiem. Um Lamento. Uma dor.

Não sei de suas lamúrias ou de suas dores. Mas a minha é grande. Nunca pensei em presenciar um golpe. Um golpe tão, tão... chulé. Mas foi isso! Um golpe chulé!

O motivo foi chulé. Do nível dos golpistas.

A dor é grande, a tristeza imensa.

Vejo pessoas perdidas, sentidas, tristes no caminhar. Alheias. Cabisbaixas!

Penso apenas no olhar. Então, olhemos, escutemos as angústias e as ignorâncias. As minhas ignorâncias.

O que nos resta? Lutar? Lutar sempre! E agora? O agora é o tudo, meu amigo, minha amiga.

Vamos nos dar as mãos. Nos abraçar.

Azar de nossos irmãos coxinhas. Azar de quem nunca soube esperar.

A lamúria é pesada. E pesa no coração. E nos faz curvar. A espinha doer. Não ver o céu. A terra. Mas na terra tem vida, como disse Manoel de Barros, o poeta da felicidade.

E de tanto usar o verbo "ser", esqueço do verbo "ter".

Tenho força, tenho ânimo, tenho caminhar. Não, não!A minha filha merece ser quem eu sou.

Dia 31 de agosto, agora, temos um encontro. Você, eu, nós. Vamos lamentar o dia 31 de agosto de 2016.

A partir das 17 horas no vão do Masp. São Paulo. Paulicéia desvairada te espera. E sempre desvairada. Curare! cure a dor.

GOLPE: Um réquiem. Um Lamento. 31 DE AGOSTO.
31 DE AGOSTO. Um ano do golpe. Um lamento. Uma dor.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247