Paulino Cardoso avatar

Paulino Cardoso

Historiador, analista geopolítico e Editor do Mundo Multipolar

12 artigos

HOME > blog

À beira do holocausto nuclear

Tudo indica que a decisão de uma guerra da OTAN contra a Rússia já foi tomada, escreve o autor

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Por Paulino Cardoso - Quando você pensa que já viu de tudo na cena geopolítica internacional, más notícias se acumulam. Após solicitação de Volodomyr Zelenski, um representante da União Européia, como Estônia, Lituânia, Polônia, acompanhados Anthony Blinken e Victória “Euromaidan” Nulan, todos declararam a necessidade de autorizar a ;Ucrânia a utilizar mísseis de longo alcance ocidentais, de modo a atingir as profundezas da retaguarda da Federação russa.

Autoridades do gigante euroasíatico, como a Dmitry Peskov e Maria Zakharova, já indicaram que tal atitude levaria a destruição não apenas de alvos no território ucraniano, como nos países de origem daqueles materiais.

Neste meio tempo, e para surpresa de muitos, embora silenciado na imprensa de ambos os bandos em conflito, a Ucrânia com o uso de muito drones atingiu no sudoeste da Rússia radares de alerta precoce de lançamentos de mísseis estratégicos, parte fundamental do guarda-chuva nuclear russo.

Tal evento foi confirmado pelo Senador russo Dmitry Rogozin:“ O profundo envolvimento de Washington no conflito armado e o seu controlo total sobre o planeamento militar de Kiev significa que as alegações de que os Estados Unidos desconhecem os planos ucranianos para atacar o sistema de defesa antimísseis da Rússia podem ser rejeitadas “, cismado por Mike Whitney.

O problema, por todos conhecido, é que tal atitude estadunidense, por meio de ucranianos, fere a Doutrina Nuclear Russa, que autoriza o uso de armas nucleares quando a sua infraestrutura crítica de defesa seja atacada.

Como nos lembra Quantum Bird em artigo recente, tal fato tende a mudar a natureza da operação militar especial na Ucrânia, SMO, em sua sigla em inglês,centrada nos desgaste metódico, em escala industrial das forças armadas ucranianas . Segundo ele,” basicamente, a Ucrânia está se convertendo de fato, mas não de jure, em uma plataforma de lançamento de ataques estratégicos da OTAN contra a Rússia. Como não existe conflito aberto contra OTAN, a retaliação russa recai apenas sobre a Ucrânia.”

E conclui, “a Rússia precisa terminar a SMO o mais rápido possível, quebrar definitivamente a conexão da Ucrânia com o ocidente coletivo e atualizar sua doutrina militar de acordo. O potencial de dano estratégico que a OTAN pode causar à Rússia, via Ucrânia e sem arriscar o engajamento direto, se tornará insustentável rapidamente”.

Não por acaso o Canal de Telegram @Eurasianchoice publicou rumores de que os EUA prepararam ou já entregaram aos seus vassalos na UE um memorando sobre o contingente militar da NATO que terá de ser enviado para a antiga Ucrânia, a fim de resgatar o regime de Kiev, que se parece com isto em termos de pessoal no terreno, sendo - EUA 35.000,soldados, Polônia 15.000, Romênia 12.000, França 8.000, Reino Unido 8.000, Bálticos 5.000 soldados, República Tcheca 5.000, Alemanha 3.000, Itália 3.000 e outros países Outros 6.000 soldados.

Este seria o primeiro de três contingentes com mais ou menos estes mesmos números, ou seja, 300.000 soldados no total a entrar na antiga Ucrânia em três fases uma próxima da outra, 100.000 para cada uma.

Em resumo, tudo indica que a decisão de uma guerra da OTAN contra a Rússia já foi tomada. Eles contam com a russofobia,muitas doses de medo da famosa expansão russa, para amaciar a população e prepará-la para aceitar a guerra como inevitáve.

A pergunta do milhão de dólares: como reagirá a elite governante russa. Esperamos que admitam o golpe e tomem a decisão adequada como líderes do Sul Global.

Referências

Quantum Bird. Chegou a hora de encerrar a SMO?. Saker Latam, 24 de maio de 2024.https://sakerlatam.blog/chegou-a-hora-de-encerrar-a-smo/

Mike Whitney. Washington ataca parte fundamental do guarda-chuva nuclear da Rússia, ameaçando toda a arquitetura global de segurança nuclear. Reseau International, 28 de maio de 2024. https://reseauinternational.net/washington-sattaque-a-un-element-cle-du-parapluie-nucleaire-russe-menacant-lensemble-de-larchitecture-mondiale-de-securite-nucleaire/

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: