CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Hildegard Angel avatar

Hildegard Angel

Jornalista, ex-atriz, filha da estilista Zuzu Angel e irmã do militante político Stuart Angel Jones

225 artigos

blog

A CPI da História do Brasil

"A História do Brasil está posta na CPI do MST", diz Hildegard Angel

(Foto: ABr | Câmara dos Deputados)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

A História da CPI do MST é a História do Brasil. A história das Capitanias Hereditárias, da Casa Grande e Senzala, da falta de direitos, do resto de comida do prato do patrão para os empregados, dos salários retidos pelo senhor da casa para "investir" para o empregado, e o dinheiro some. 

É a história do servilismo, do beija-mão, da divinização do rico, da arrogância do dinheiro, da violência rural e urbana, da ausência da compaixão.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A História da CPI é o Brasil implacável com os pequenos, é a perversidade sem limites. São os que invadem, fuzilam, incendeiam e matam. Grileiros 'master plus', de robe de chambre e foulard, que, depois de se apossarem na mão grande e armada dos terrenos dos posseiros miseráveis, explodem rolhas de champagne para celebrar "a aquisição".

É a tragédia brasileira, uma história com começo, meio e sem fim.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

É essa História do Brasil que está posta na CPI do MST. Esperamos que nossos parlamentares tenham esta clara visão e a coragem de ir à raiz - já que falamos em terras pra plantar - dessa plantação maligna de parasitas da Terra, que se apossam do que não lhes pertence para multiplicar latifúndios maiores do que países estrangeiros. Os verdadeiros salteadores do campo. Em terras sem lei, vale a lei deles, dos mais fortes, os homens com espingardas, metralhadoras, fuzis, em confronto com os trabalhadores munidos de enxadas, pás, ancinhos.

Esta é a Comissão Parlamentar de Inquérito do Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro. Ave, Glauber Rocha!

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO