A CPI está do lado certo da História

"A CPI defende a lei, defende a Constituição, defende a ciência e defende a vida de todos, civis e militares", escreve Marcelo Zero

Senadores fazem um minuto de silêncio para homenagear os mais de 500 mil mortos pela Covid-19 no Brasil
Senadores fazem um minuto de silêncio para homenagear os mais de 500 mil mortos pela Covid-19 no Brasil (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News

Ninguém está acima da lei.

Este é um princípio democrático e civilizatório que se aplica tanto a civis quanto a militares.

A CPI da Pandemia do Senado Federal descobriu fortíssimos indícios de que há, dentro e fora do Ministério da Saúde, verdadeiras máfias que operam para obter propinas em compras de vacinas e outros insumos necessários para o enfrentamento à maior tragédia humanitária da história do Brasil. 

PUBLICIDADE

São criminosos da pior espécie, grupos que seriam compostos tanto por civis quanto por militares. 

Essas máfias, somadas à estratégia criminosa de impingir a imunidade natural de rebanho tanto a civis quanto a militares, são, ao menos, parcialmente responsáveis pelas cerca de 530 mil mortes de brasileiros, civis e militares. 

A CPI vem atuando com a finalidade de identificar e punir essas organizações criminosas, para impedir um grave crime continuado, para honrar a memória de civis e militares que se foram e, sobretudo, de modo a contribuir para salvar vidas de brasileiras e brasileiros, civis e militares.

PUBLICIDADE

Ao fazê-lo, a CPI não ofende ninguém, civil ou militar. 

Ofende apenas a negligência, a incompetência, a estratégia deliberada de conduzir brasileiros a morte. Ofende o charlatanismo dos tratamentos ineficazes. Ofende a ignorância e os que atacam a ciência. Ofende os que sufocaram amazonenses por falta de oxigênio. Ofende os que não usam máscaras e os que se recusam a ser solidários ao não praticar o isolamento social. Ofende os que obrigam vastas parcelas da população a sair de casa e ariscar a vida por falta de um auxílio emergencial decente. 

Ofende também os criminosos e os mercadores da morte. 

PUBLICIDADE

Em sentido contrário, a CPI defende a lei, defende a Constituição, defende a ciência e defende a vida de todos, civis e militares.

A CPI, por certo, não se acovardará. 

A CPI está do lado certo da História.

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email