Nêggo Tom avatar

Nêggo Tom

Cantor e compositor.

331 artigos

blog

A ditadura mais liberal de todos os tempos

Sejamos mais racionais e menos selvagens. Independente das diferenças, o respeito deve prevalecer sempre

Sejamos mais racionais e menos selvagens. Independente das diferenças, o respeito deve prevalecer sempre (Foto: Nêggo Tom)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Canso de ouvir algumas pessoas dizerem que estamos vivendo em uma ditadura e que o governo está cerceando a nossa liberdade. As vezes eu me sinto um completo idiota por não conseguir enxergar isso muito bem. Resolvi fazer algumas análises para ver se conseguia chegar a essa mesma conclusão. Sem querer defender o governo, mas num país onde se faz um adesivo para automóveis vilipendiando a imagem e a honra de uma mulher, e sendo essa mulher a sua chefe maior de estado, não pode dizer que está sob um regime ditatorial. A falta de respeito e de escrúpulos de algumas pessoas transcende o limite do suportável. São pessoas que não sabem lidar com a liberdade de expressão que tem e que entendem de forma equivocada o significado da palavra democracia.
 
Os adesivos aos quais me refiro, traziam a imagem da presidenta Dilma com as pernas abertas e eram colocados estrategicamente no tanque de gasolina dos automóveis, passando a ideia de que a bomba estaria penetrando sexualmente a a imagem. Isso é de uma vagabundagem mestra. Falta de civilidade e de caráter tanto de quem criou os adesivos quanto de quem os colocou em seus veículos. É inadmissível que diferenças políticas façam com que as pessoas desçam a um nível tão baixo e degradante. Fica nítido que também se trata de preconceito pelo fato dela ser mulher.  Seria essa a melhor maneira para protestar contra o governo? A mais inteligente com certeza não é. Teria o criador e os usuários do adesivo o mesmo prazer em ver a figura de suas respectivas mães expostas dessa maneira covarde e infame?
 
Se estivéssemos vivendo sob um regime ditatorial, isso aconteceria? Alguém ousaria avacalhar com a imagem do Presidente Médici em plena ditadura militar? Estariam todos livres, leves e soltos, vivendo suas vidas normalmente sem se preocupar com as consequências? O ódio a pessoa e a um partido está cegando e privando de razão e bom senso boa parte da sociedade brasileira. O governo deixa a desejar, sem dúvida. Há muito o que se corrigir e melhorar. O povo está sim de saco cheio de muita coisa. O povo está sim cansado de pagar pelos erros de quem governa. O povo está sim cansado de pagar juros cada vez mais altos. Contas cada vez mais altas. Comida cada vez mais cara. Isso estressa. Tira do sério, principalmente quando vemos políticos cada vez mais ricos graças ao dinheiro público. Tudo isso é passivel de protesto e revolta popular. Mas protestar pontuando a sua indignação com mal caratismo não dá.
 
Outro fato que me fez pensar se existe mesmo ditadura no Brasil conforme muitos dizem, foi um vídeo que está rolando no facebook e que foi postado por um cidadão, que como ele mesmo escreveu na legenda do vídeo, se infiltrou na comitiva do PT durante a recepção da Presidenta Dilma na Califórnia, onde ele chama a presidenta de Assassina e Ladra. Ora! Que ditadura é essa que permite um cidadão ofender em público a honra do seu chefe de estado e sair impune? Isso teria acontecido nos chamados anos de chumbo da nosssa política? Tem alguma coisa de errado com a mente dessa gente. Temo que outros se infiltrem em outras ocasiões e atentem contra a integridade física da presidenta. Sejamos mais racionais e menos selvagens. Independente das diferenças, o respeito deve prevalecer sempre. 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO