A fanática seita bolsonarista leva o Brasil ao isolamento

"Assim como o Nazismo, o Talibã, a Al-Qaeda e o Boko Haram, o bolsonarismo lobotomizado habita uma ilha, onde indivíduos vivem isolados do mundo e da realidade"

Bolsonaro homenageia Olavo de Carvalho
Bolsonaro homenageia Olavo de Carvalho (Foto: Sputnik)

Jair Bolsonaro e Olavo de Carvalho passaram algum tempo passeando por suas bolhas nas redes sociais, falando suas bobagens e aplaudidos por suas seitas fanáticas.

Movidos por teorias conspiratórias, memes, piadas, ironias e fake news, seduziram pessoas sem o necessário discernimento da realidade, bem como capturaram indivíduos afetados pela cultura secular da Casa Grande por meio de retóricas contra os direitos humanos, minorias socais ou qualquer partido político que possa representar interesses populares.

Assim como o Nazismo, o Talibã, a Al-Qaeda e o Boko Haram, o bolsonarismo lobotomizado habita uma ilha, onde indivíduos vivem isolados do mundo e da realidade, adestrados e domados por instrumentos que tornam impossível enxergar o mundo real e que atolam, cada vez mais, seus cérebros em um mundo ilusório e paralelo, cheio de virtudes, fortuna, religiosidade, autoritarismo e ódio pelo diferente

Porém, no Brasil atual, o grande problema foi levar esse grupo fundamentalista, com sua doutrina obscurantista, para dentro do Governo Federal e das relações internacionais, uma vez que seus delírios, suas caneladas e suas paranoias estão prejudicando a todos e levando o Brasil para o isolamento no mundo.

É inacreditável para qualquer ser humano racional no planeta, que ainda tenha gente defendendo Jair Bolsonaro no caso da Amazônia.

Mas, é como todos sabem: seita é seita!

Não custa nada lembrar que Bolsonaro sempre fez questão de afirmar que é o legítimo representante dos exploradores, grileiros e desmatadores da Amazônia, criando diversas estratégias para facilitar as queimadas e o trabalho das motosserras, inclusive prejudicando o trabalho de fiscalização dos órgãos competentes.

Tentou acabar com o Ministério do Meio Ambiente e, por não conseguir, colocou na pasta um legítimo representante do agronegócio, que sempre se manifestou contra o ambientalismo e que, em sua campanha eleitoral, foi financiado por mais de 100 ruralistas.

Enfim, é justamente esse fantasioso mundo paralelo que vai levar o Brasil ao isolamento da realidade e, consequentemente, do mundo.

Trata-se de uma triste fase da história que será motivo de vergonha para as futuras gerações, inclusive, fora do Brasil.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247