A Folha de São Paulo e o Governo Bolsonaro

Por que deveríamos cair no conto do vigário e defender esse tipo de imprensa? Existe mesmo contradição com Bolsonaro? Por que Folha e os demais fazem editoriais defendendo Guedes - AI5? Por que defender jornal que apoia prisão em segunda instância e defende os absurdos do TRF4 e lava jato?

(Foto: Antonio Cruz - ABR)

O jornalão falido que se dedicou e continua a se dedicar, a atacar o PT e Lula, a esquerda em geral, de que são autoritários e que iam/irão romper a democracia, entre outras barbaridades.  

A Folha de São Paulo era das primeiras nos vazamentos e apoio ao famigerado juiz Moro e da Lava Jato, abraçou a causa como golpe de morte ao PT e a esquerda, nem pestanejou em vazar TUDO, ao contrário, se locupletava.  

A Folha de São Paulo jamais fez uma crítica ao impeachment de Dilma, ao contrário, fez editorial de apoio à tremenda farsa, defendendo o rompimento da democracia.   

Ano passado privilegiou os ataques ao Haddad, chegando a heresia de dizer que ele e Bolsonaro eram dois lados da mesma moeda, que defendiam projetos autoritários.  

A Folha de São Paulo apoiou e omitiu dos seus leitores, sobre quem era Bolsonaro e sua família, aliás,  assim como seus parceiros da Globo e Estadão, achavam que domariam o monstro que alimentaram.  

A Folha de São Paulo e seus parceiros foram rejeitados por Bolsonaro, não porque estes ou aqueles, pensem diferentes no projeto econômico e de destruição de direitos, fim da democracia, são iguais, o que os separam é quem comerá o Bolo, as verbas publicitárias do Estado.  

Por que deveríamos cair no conto do vigário e defender esse tipo de imprensa? Existe mesmo contradição com Bolsonaro? Por que Folha e os demais fazem editoriais defendendo Guedes - AI5? Por que defender jornal que apoia prisão em segunda instância e defende os absurdos do TRF4 e lava jato?  

Chega a ser inacreditáveis os que defendem e querer nos convencer que  a Folha de São Paulo é vítima do Bolsonaro. Não, não é, ela é igual, algumas vezes pior, pois, em tese, a familia Bolsonaro são apenas aventureiros fugazes, os jornalões, não.   

Ser oposição ao Bolsonaro, não nos obriga a qualquer relação de solidariedade por seus aliados, que continuam, repito, nos atacando como iguais a eles, então: "Quem pariu Mateus, que o balance".  

Simplesmente é impossível, com alguma honestidade intelectual, defender a Folha, o Globo e o Estadão, que se virem com suas arminhas e cretinices verde-amarelos, patos e paneleiros.  

Aqui não, violão!!!

Ao vivo na TV 247 Youtube 247