A Juventude precisa de Lula presidente

Nesse momento crucial que vivemos, conclamamos nossa juventude para ser protagonista frente aos desafios que temos a enfrentar, assim como fomos referência anos atrás em todo mundo, quando realizou-se uma revolução e questionamos o autoritarismo e as desigualdades sociais latentes

A Juventude precisa de Lula presidente
A Juventude precisa de Lula presidente (Foto: Ricardo Stuckert)

Após 50 anos de maio de 1968, no dia 27 de maio de 2018 lançamos em todo o Brasil a pré candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva.

Nesse momento crucial que vivemos, conclamamos nossa juventude para ser protagonista frente aos desafios que temos a enfrentar, assim como fomos referência anos atrás em todo mundo, quando realizou-se uma revolução e questionamos o autoritarismo e as desigualdades sociais latentes.

Não podemos deixar de enfatizar que os maiores prejudicados somos nós, com a criminalização que nos empregam, com o estado de exceção cada dia mais em voga, com o desmonte de direitos da educação e das leis trabalhistas, com a perspectiva zero de melhora para nossa geração e as posteriores. Tudo isso vinculado ao mais alto índice de desemprego que nos assola.

Uma boa parcela de nós que vinha motivada com o melhor acesso às Universidades, por meio do Fies ProUni e vários outros programas que viabilizam o acesso ao Ensino, está sendo prejudicada pelo desgoverno de Michel Temer golpista, e o melhor exemplo disso é a PEC 241 (conhecida como PEC da maldade) que tem como objetivo congelar durante 20 anos a destinação de recursos para saúde e educação, visando somente beneficiar àqueles segmentos que já exploram as mazelas sociais existentes.

Para além disso, destaca-se o fato de que a geração que menos recebe pelo serviço prestado é a de jovens, os salários são baixos, o que desestimula ainda mais o ingresso no mercado de trabalho em decorrência dessa desvalorização notória da mão de obra juvenil, além do aumento de trabalhos informais totalmente desamparados de direitos fundamentais como consequência da reforma trabalhista vigente.

Trata-se claramente da grande necessidade de frearmos e combatermos o aumento das desigualdades sociais que se alastra cada vez mais dia após dia, e com isso a juventude do Partido dos Trabalhadores possui grande responsabilidade em demonstrar o compromisso que tem na defesa de Lula inocente, de Lula livre, de Lula Presidente!

Evidentemente não há outra saída para todo esse caos pós golpe que nos ataca, senão, a defesa incessante de que Lula é o nosso candidato que lidera as pesquisas de intenção de voto, o que não nos dá margem para aceitar o cerceamento do nosso voto, da nossa escolha em legitimar novamente nosso maior líder, executor dos melhores governos que os País já teve, governo esse que implementou políticas públicas para todos os setores da nossa sociedade, que possibilitou a inclusão e representatividade das minorias jamais antes ouvidas, que sempre foram invisibilizadas e excluídas. É preciso garantir o exercício da nossa democracia tão jovem e já tão abalada, a nossa democracia real, a democracia que queremos.

É hora de nos mobilizarmos, e de forma organizada conscientizar os demais jovens da importância de apoiarmos Lula e nosso projeto de País que foi interrompido com um duro golpe ocasionador de retrocessos absurdos, os quais poderão nos custar muito caro não somente agora, mas no futuro também quando a história irá nos cobrar! Unidos na Luta venceremos!

"Quem não se movimenta não sente as correntes que o prendem." Rosa Luxemburgo

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247